Mais tempo, ferramentas e detalhes sobre a atualização da experiência na página

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Segunda-feira, 19 de abril de 2021

Em novembro, compartilhamos a informação de que a mudança na classificação da experiência na página entrará em vigor na Pesquisa Google este ano e chamamos essa alteração de "atualização da experiência na página". Para ajudar editores e proprietários de sites a melhorar a experiência na página e deixar tudo preparado, estamos anunciando hoje algumas atualizações importantes:

  1. Lançamento gradual a partir da metade de junho deste ano
  2. Detalhes sobre o que será incluído na atualização
  3. Novo relatório de experiência na página do Search Console
  4. Compatibilidade com trocas assinadas para todo o conteúdo na Pesquisa Google

Lançamento gradual a partir da metade de junho deste ano

Começaremos a usar a experiência na página como parte dos nossos sistemas de classificação a partir da metade de junho de 2021. No entanto, a experiência na página ainda não funcionará por completo nesses sistemas até o final de agosto. Imagine que o processo é como temperar um prato que está sendo preparado. Em vez de adicionar o sabor de uma só vez, incluiremos os ingredientes aos poucos durante esse período.

Como dissemos antes, essa atualização foi desenvolvida para destacar páginas que oferecem ótimas experiências para o usuário. No entanto, a experiência na página continua sendo um dos muitos fatores considerados por nossos sistemas. Por isso, de modo geral, não deve haver mudanças drásticas para os sites. Além disso, como estamos implementando a mudança como um lançamento gradual, monitoraremos eventuais problemas inesperados ou não intencionais.

Esperamos que esse ajuste na programação de lançamento gradual ajude você a continuar refinando seu site com foco na experiência na página. Antes de fazer a mudança, temos coletado feedback para garantir que os proprietários de sites recebam orientação útil e respostas para perguntas sobre como melhorar a experiência na página para os usuários.

Detalhes sobre o que será incluído na atualização

Como anunciamos anteriormente, nossa atualização considerará diversos indicadores de experiência na página, incluindo as três Principais métricas da Web: LCP ,FID e CLS (assim como a correção recente do Chrome para CLS). Além disso, o recurso do carrossel de notícias principais na Pesquisa Google será atualizado para incluir todo o conteúdo de notícias, desde que atenda às políticas do Google Notícias. Isso significa que o uso do formato AMP não é mais obrigatório e que qualquer página, seja qual for a pontuação nas Principais métricas da Web ou o status da experiência na página, estará qualificada para aparecer no carrossel de notícias principais.

Também incluímos atualizações semelhantes ao app Google Notícias, uma plataforma fundamental para que usuários do mundo todo tenham uma visão abrangente das notícias do dia. Como parte dessa atualização, estamos expandindo o uso de conteúdo não AMP para otimizar a experiência principal no site news.google.com e no app Google Notícias.

Além disso, o ícone de AMP não será mais exibido para indicar esse tipo de conteúdo. Você perceberá essa mudança em nossos produtos à medida que o lançamento gradual da atualização de experiência na página for iniciado, em meados de junho. Continuaremos a testar outras maneiras para ajudar a identificar conteúdo com uma ótima experiência na página, e você receberá atualizações quando tivermos mais informações para compartilhar.

Se quiser saber mais detalhes, consulte as perguntas frequentes sobre a experiência na página e as Principais métricas da Web publicadas nos fóruns da Central da Pesquisa recentemente. Se você edita AMP, nossa equipe criou um guia de experiência na página AMP que inclui dicas personalizadas sobre como conseguir o melhor desempenho possível.

Novo relatório de experiência na página do Search Console

Para oferecer ainda mais insights úteis, estamos lançando o Relatório de experiência na página. Esse documento combina o relatório das Principais métricas da Web com outros componentes dos indicadores da experiência na página, como segurança com HTTPS, ausência de intersticiais intrusivos e otimização para dispositivos móveis.

O Relatório de experiência na página exibe métricas valiosas, como a porcentagem de URLs com boa experiência e impressões de pesquisa ao longo do tempo, permitindo uma avaliação rápida do desempenho. Você também pode se aprofundar nos componentes dos indicadores de experiência na página para ter mais insights sobre oportunidades de melhoria.

Relatório de experiência na página do Search Console

Além de lançar o relatório de experiência na página, também atualizamos o relatório de desempenho na Pesquisa para que você possa filtrar as páginas que oferecem uma boa experiência e acompanhar como elas se comparam a outras no mesmo site.

Compatibilidade com trocas assinadas para todo o conteúdo na Pesquisa Google

Hoje também estamos anunciando a disponibilidade geral de trocas assinadas (SXG) na Pesquisa Google para todas as páginas da Web. Antes a Pesquisa Google só era compatível com SXGs integradas ao framework de AMP.

Com as SXGs, a Pesquisa Google pode aproveitar a técnica de pré-busca de preservação de privacidade nos navegadores compatíveis para melhorar a experiência na página. Essa técnica permite que a Pesquisa Google carregue os principais recursos de uma página (HTML, JavaScript, CSS) antes da navegação, o que possibilita ao navegador exibir páginas mais rapidamente.

A Nikkei, uma grande editora do Japão, testou as SXGs na Nikkei Style (em inglês) e teve uma redução de 300 ms na Maior exibição de conteúdo (LCP). A empresa também observou um aumento de 12% no engajamento dos usuários e uma melhoria de 9% nas visualizações de página por sessão no Chrome para Android onde o teste foi implementado. Para implementar as SXGs no site, a Nikkei escolheu nginx-sxg-module, uma extensão de código aberto para servidores NGINX.

Para saber mais sobre as ferramentas de SXG, consulte Trocas assinadas (SXGs). Se quiser ver instruções sobre como configurar as SXGs, leia Como configurar trocas assinadas usando o Web Packager.

Como trabalhar juntos para criar uma Web melhor

Nossa visão para a experiência na página é trabalhar juntos para criar um ecossistema da Web ideal para os usuários. Estamos empenhados em garantir que você tenha as ferramentas e os recursos certos disponíveis antes do lançamento da classificação, a partir de meados de junho de 2021.

Esperamos que as atualizações compartilhadas hoje facilitem a criação de sites incríveis. Se você tiver dúvidas ou quiser enviar feedback, acesse nossos Fóruns de Ajuda, confira as Perguntas frequentes publicadas recentemente ou entre em contato pelo Twitter.