Introdução

Para fazer uma chamada da API Google Ads, é necessário ter os detalhes a seguir. O restante deste tutorial ensina como conseguir cada um desses itens.

  • Token de desenvolvedor: permite que seu aplicativo se conecte à API Google Ads. Cada token de desenvolvedor recebe um nível de acesso à API que controla o número de chamadas de API que podem ser feitas por dia, bem como o ambiente em que é possível fazer chamadas. Você também precisa de uma conta de administrador do Google Ads para se inscrever e receber um token de desenvolvedor.

  • Projeto do Console de APIs do Google: é usado para gerar um ID do cliente e uma chave secreta do OAuth 2.0 para seu app. Esses dados podem ser usados para gerar as credenciais do OAuth 2.0 necessárias em chamadas de API para a conta do Google Ads. O projeto também permite que a API aceite chamadas.

  • Conta de cliente do Google Ads: é a conta que você está usando para fazer chamadas de API. Você precisa das permissões necessárias para operar nessa conta, como buscar relatórios ou fazer mudanças nas campanhas.

    Também é necessário ter o número de 10 dígitos da conta para a qual você está fazendo chamadas de API. Ele é exibido na interface da Web do Google Ads no formato 123-456-7890. Esse número da conta é passado como um parâmetro para a chamada da API Google Ads sem os hifens: 1234567890.

  • Ferramentas de suporte e bibliotecas de cliente: esse conjunto de ferramentas pode ajudar você a se integrar à API mais rapidamente.