Pronto!

Para começar a desenvolver, acesse nossa documentação do desenvolvedor.

Ative a Google Maps Android API

Para começar, orientaremos você pelo Google Developers Console para realizar algumas atividades:

  1. Criar ou selecionar um projeto
  2. Ative a Google Maps Android API
  3. Criar chaves apropriadas
Continuar

Obter chave de API

Para usar a Google Maps Android API, é necessário registrar o projeto do aplicativo no Google API Console e obter uma chave de API do Google para adicioná-la ao aplicativo. Observação: há vários tipos de restrição para as chaves de API. Você precisa de uma chave de API com restrição a aplicativos Android (não uma chave com restrição a navegador).

Guia rápido para se obter uma chave

Passo 1: obter uma chave de API pelo Google API Console

Clique no botão abaixo, que orienta você pelo processo e ativa o Google Maps Android API.

Obter uma chave

Observações:

  • Para clientes do Google Maps APIs Premium Plan: Ao ver o menu suspenso “Project”, você deve selecionar o projeto criado para você quando comprou o Google Maps APIs Premium Plan. O nome do projeto é iniciado por Google Maps APIs for Business or Google Maps for Work or Google Maps.
  • Se quiser comprar uma licença do Premium Plan, entre em contato com o departamento de vendas.
  • Para fins de teste, você pode criar uma chave de API genérica e irrestrita que funcione em todas as plataformas. Para garantir a sua chave antes de seguir para a etapa de produção, você deve restringir a chave, como descrito abaixo.

Passo 2: adicionar a chave de API ao aplicativo

Siga as etapas abaixo para incluir a chave de API no manifesto do seu aplicativo, contido no arquivo AndroidManifest.xml.

  1. Em AndroidManifest.xml, adicione o seguinte elemento como filho do elemento <application>, inserindo antes da tag de fechamento </application>:
        <meta-data
            android:name="com.google.android.geo.API_KEY"
            android:value="YOUR_API_KEY"/>
        

    Substitua sua chave de API por YOUR_API_KEY no atributo value. Esse elemento define a chave com.google.android.geo.API_KEY como o valor da sua chave de API.

  2. Salve AndroidManifest.xml e recompile o aplicativo.

Observação: como é mostrado acima, com.google.android.geo.API_KEY é o nome de metadados recomendado para a chave de API. Uma chave com esse nome pode ser usada para autenticação em várias APIs do Google Maps na plataforma Android, incluindo a Google Maps Android API. Para garantir a compatibilidade com versões anteriores, a API também permite o nome com.google.android.maps.v2.API_KEY. Esse nome herdado permite autenticação apenas na Android Maps API v2. Um aplicativo pode especificar apenas um dos nomes de metadados da chave de API. Se ambos forem especificados, a API gerará uma exceção.

Pronto. Se você seguiu os passos acima corretamente, está tudo pronto. Se teve algum problema, leia as instruções detalhadas abaixo sobre a API padrão e o Premium Plan.

Guias detalhados sobre como obter uma chave de API

Guia detalhado para usuários do Google Maps Android API padrão

Se, ao clicar no botão você não for direcionado para onde precisa estar, siga esses passos alternativos para obter uma chave de API:

  1. Acesse o Google API Console.
  2. Crie ou selecione um projeto.
  3. Clique em Continue para ativar o Google Maps Android API.
  4. Na página Credentials, obtenha uma chave de API.
    Observação: Se você já tem uma chave de API com restrições ao Android, pode usá-la.
  5. Na caixa de diálogo que exibe a chave de API, selecione Restrict key para definir uma restrição ao Android na chave de API.
  6. Na seção Restrictions, selecione Android apps e insira a impressão digital SHA-1 e o nome do pacote. Por exemplo:
    BB:0D:AC:74:D3:21:E1:43:67:71:9B:62:91:AF:A1:66:6E:44:5D:75
    com.example.android.mapexample
  7. Veja mais sobre as restrições da chave de API abaixo.
  8. Clique em Save.

A nova chave de API restrita ao Android aparece na lista de chaves de API do projeto. Uma chave de API é uma string de caracteres, similar a:

AIzaSyBdVl-cTICSwYKrZ95SuvNw7dbMuDt1KG0

Guia detalhado do usuário para a licença do Google Maps APIs Premium Plan

Se, ao clicar no botão você não for direcionado para onde precisa estar, siga esses passos alternativos para obter uma chave de API:

  1. Acesse o Google API Console.
  2. No menu suspenso Project, selecione o projeto do Google Maps Premium.*
  3. Clique em Continue.
  4. Na página Credentials, obtenha uma chave de API.
  5. Na caixa de diálogo que exibe a chave de API, selecione Restrict key para definir uma restrição ao Android na chave de API.
  6. Na seção Restrictions, selecione Android apps e insira a impressão digital SHA-1 e o nome do pacote. Por exemplo:
    BB:0D:AC:74:D3:21:E1:43:67:71:9B:62:91:AF:A1:66:6E:44:5D:75
    com.example.android.mapexample
    Veja mais sobre as restrições da chave de API abaixo.
  7. Clique em Save.

A nova chave de API restrita ao Android aparece na lista de chaves de API do projeto. Uma chave de API é uma string de caracteres, similar a:

AIzaSyBdVl-cTICSwYKrZ95SuvNw7dbMuDt1KG0

Mais sobre o Google API Console

Também é possível procurar uma chave existente no Google API Console.

Para saber mais sobre como usar o Google API Console, consulte a Ajuda do API Console.

Mais sobre as restrições da chave de API

As Google Maps APIs estão disponíveis para aplicativos Android e iOS, navegadores e via serviços Web HTTP. As APIs de qualquer plataforma podem usar uma chave de API genérica (irrestrita). Se quiser, você pode adicionar uma restrição. Para aplicativos Android, você restringe a chave à impressão digital SHA-1 e ao nome do pacote do seu aplicativo. Chaves restritas só funcionam em plataformas compatíveis com esse tipo de restrição.

Onde obter a impressão digital SHA-1 do seu aplicativo

A restrição de chave da Android API se baseia em uma forma encurtada do certificado digital do seu aplicativo, conhecida como impressão digital SHA-1.

Como obter informações do certificado no Android Studio

Se você seguiu o guia de primeiros passos do Google Maps Android API, o Android Studio criou um arquivo muito útil, chamado google_maps_api.xml com as credenciais do seu aplicativo.

Escolha uma das maneiras a seguir para obter a chave de API no Android Studio:

  • A maneira fácil e rápida: Use o link fornecido no arquivo google_maps_api.xml que o Android Studio criou para você:
    1. Copie o link fornecido no arquivo google_maps_api.xml e cole no navegador. O link leva você ao Google API Console e fornece as informações necessárias ao Google API Console por meio de parâmetros de URL, reduzindo assim a necessidade de inserção manual.
    2. Siga as instruções para criar um novo projeto no Google API Console ou selecione um projeto existente.
    3. Crie uma chave de API restrita ao Android para o seu projeto.
    4. Copie a chave de API gerada, volte ao Android Studio e cole-a no elemento <string> do arquivo google_maps_api.xml.
  • Uma maneira que demora um pouco mais: Use as credenciais presentes no arquivo google_maps_api.xml que o Android Studio criou para você:
    1. Copie as credenciais presentes no arquivo google_maps_api.xml.
    2. Acesse o Google API Console no navegador.
    3. Use as credenciais copiadas para adicionar o aplicativo a uma chave de API ou criar uma nova chave de API.

Como obter informações do certificado por conta própria

Se você não seguiu o guia de primeiros passos ao criar o aplicativo, precisa obter a impressão digital SHA-1 para o certificado por conta própria. Primeiro, verifique se você está usando o certificado correto. Você pode ter dois certificados:

  • Um certificado de depuração: as ferramentas do Android SDK geram esse certificado automaticamente quando você cria uma versão de depuração. Use esse certificado apenas com aplicativos que esteja testando. Não tente publicar um aplicativo que esteja assinado com um certificado de depuração. O certificado de depuração é descrito em mais detalhes em Assinatura em modo de depuração na Documentação do Desenvolvedor para Android.
  • Um certificado de publicação: as ferramentas do Android SDK geram esse certificado quando você cria uma versão para publicação. Você também pode gerar esse certificado usando o programa keytool. Use esse certificado quando estiver pronto para lançar seu aplicativo para o mundo.

Realize as etapas abaixo para exibir a impressão digital SHA-1 de um certificado usando o programa keytool com o parâmetro -v. Para saber mais sobre o Keytool, consulte a documentação da Oracle.

Certificado de depuração

Exibir a impressão digital do certificado de depuração

  1. Localize o arquivo de armazenamento de chaves de depuração. O nome do arquivo é debug.keystore e ele é criado na primeira compilação do projeto. Por padrão, ele fica armazenado no mesmo diretório que os arquivos do Android Virtual Device (AVD):

    • macOS e Linux: ~/.android/
    • Windows Vista e Windows 7: C:\Users\your_user_name\.android\
  2. Liste a impressão digital SHA-1:

    • Para Linux ou macOS, abra uma janela do terminal e digite o seguinte:

      keytool -list -v -keystore ~/.android/debug.keystore -alias androiddebugkey -storepass android -keypass android
    • Para Windows Vista e Windows 7, execute:

      keytool -list -v -keystore "%USERPROFILE%\.android\debug.keystore" -alias androiddebugkey -storepass android -keypass android

Você deverá obter uma saída similar a:

Alias name: androiddebugkey
Creation date: Jan 01, 2013
Entry type: PrivateKeyEntry
Certificate chain length: 1
Certificate[1]:
Owner: CN=Android Debug, O=Android, C=US
Issuer: CN=Android Debug, O=Android, C=US
Serial number: 4aa9b300
Valid from: Mon Jan 01 08:04:04 UTC 2013 until: Mon Jan 01 18:04:04 PST 2033
Certificate fingerprints:
     MD5:  AE:9F:95:D0:A6:86:89:BC:A8:70:BA:34:FF:6A:AC:F9
     SHA1: BB:0D:AC:74:D3:21:E1:43:07:71:9B:62:90:AF:A1:66:6E:44:5D:75
     Signature algorithm name: SHA1withRSA
     Version: 3
Certificado de publicação

Exibir a impressão digital do certificado de publicação

  1. Localize o arquivo de armazenamento de chaves do certificado de publicação. Não há local nem nome padrão para o armazenamento de chaves de publicação. Se não especificá-los ao compilar o aplicativo para lançamento, a versão deixará o .apk sem assinar e você terá que assiná-lo antes da publicação. Para o certificado de publicação, você também precisa do alias do certificado e das senhas do armazenamento de chaves e do certificado. Você pode listar os aliases de todas as chaves em um armazenamento de chaves digitando:

    keytool -list -keystore your_keystore_name

    Substitua your_keystore_name pelo caminho totalmente qualificado e o nome do armazenamento de chaves, incluindo a extensão .keystore. Será solicitada a senha do armazenamento de chaves. Em seguida, o keytool exibe todos os aliases no armazenamento de chaves.

  2. Digite o seguinte em um terminal ou prompt de comando:

    keytool -list -v -keystore your_keystore_name -alias your_alias_name

    Substitua your_keystore_name pelo caminho totalmente qualificado e o nome do armazenamento de chaves, incluindo a extensão .keystore. Substitua your_alias_name pelo alias que você atribuiu ao certificado ao criá-lo.

Você deverá obter uma saída similar a:

Alias name: <alias_name>
Creation date: Feb 02, 2013
Entry type: PrivateKeyEntry
Certificate chain length: 1
Certificate[1]:
Owner: CN=Android Debug, O=Android, C=US
Issuer: CN=Android Debug, O=Android, C=US
Serial number: 4cc9b300
Valid from: Mon Feb 02 08:01:04 UTC 2013 until: Mon Feb 02 18:05:04 PST 2033
Certificate fingerprints:
    MD5:  AE:9F:95:D0:A6:86:89:BC:A8:70:BA:34:FF:6B:AC:F9
    SHA1: BB:0D:AC:74:D3:21:E1:43:67:71:9B:62:90:AF:A1:66:6E:44:5D:75
    Signature algorithm name: SHA1withRSA
    Version: 3

A linha que inicia com SHA1 contém a impressão digital SHA-1 do certificado. A impressão digital é a sequência de 20 números hexadecimais de dois dígitos separados por vírgulas.

Consulte o guia do Android para aprender a assinar aplicativos e saber mais sobre os certificados digitais.

Enviar comentários sobre…

Google Maps Android API
Google Maps Android API
Precisa de ajuda? Acesse nossa página de suporte.