Aprimorar conteúdo de AMP para a Pesquisa Google

Para melhorar seu conteúdo de AMP para a Pesquisa Google, basta criar uma página AMP básica, adicionar dados estruturados, monitorar suas páginas e praticar com codelabs.

Criar uma página AMP básica

  1. Crie sua primeira página AMP.
  2. Siga as diretrizes da Pesquisa Google para páginas AMP.
  3. Torne seu conteúdo detectável vinculando suas páginas. Para rastreamento e indexação, a Pesquisa Google exige que uma página AMP seja vinculada a uma página canônica. A página canônica pode ser uma versão não AMP da página ou pode ser a própria página AMP. Para mais informações, consulte a postagem O que é um URL de AMP? (em inglês) no blog Google Developers.
  4. Certifique-se de que os usuários possam ter acesso ao mesmo conteúdo e concluir as mesmas ações nas páginas AMP e nas páginas canônicas correspondentes, quando possível.
  5. Use a Ferramenta de teste de AMP para garantir que sua página atenda aos requisitos da Pesquisa Google para um documento HTML para AMP válido.
  6. Use a mesma marcação de dados estruturados nas páginas canônicas e AMP.
  7. Aplique práticas recomendadas de conteúdo comuns:
    1. Verifique se o arquivo robots.txt não está bloqueando sua página AMP. Use as metatags robots noindex, block indexing e robots.
    2. Siga as diretrizes do hreflang para URLs de idioma e região. Se quiser exemplos específicos a AMP, consulte a página sobre internacionalização (em inglês).

Criar uma página AMP usando um CMS

Se você veicular seu conteúdo da Web por meio de um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS, na sigla em inglês), poderá usar um plug-in existente do CMS, como WordPress, Drupal ou Joomla (páginas em inglês) ou implementar um recurso personalizado no seu CMS para gerar conteúdo AMP. Se você pretende personalizar seu CMS, siga estas diretrizes, além de criar uma página AMP básica.

  • Considere como os arquivos HTML para AMP se ajustam ao esquema de caminho de URL do seu site. Se você está gerando uma página AMP além de uma página não AMP canônica, recomendamos que escolha um dos seguintes esquemas de URL:
    • http://www.example.com/myarticle/amp
    • http://www.example.com/myarticle.amp.html
  • Desenvolva um modelo de marcação de dados estruturados. Veja algumas orientações:
    • Construa o modelo com base nos requisitos para o tipo de conteúdo que você está publicando.
    • Consulte os exemplos de metadados do projeto AMP para ver amostras de modelos de receitas, artigos, vídeos e avaliações.

Otimizar para resultados aprimorados de pesquisa em dispositivos móveis

Use dados estruturados para melhorar a aparência da sua página nos resultados da Pesquisa Google em dispositivos móveis. As páginas AMP com dados estruturados podem aparecer em pesquisas aprimoradas para dispositivos móveis, como o carrossel de notícias principais ou o carrossel de host.

  1. Implemente dados estruturados. Para mais informações sobre dados estruturados compatíveis com AMP, consulte Sobre AMP na Pesquisa Google.
  2. Verifique se seus dados estruturados são analisados corretamente usando a Ferramenta de teste de dados estruturados.
  3. Verifique se seu logotipo atende às diretrizes de logotipo de AMP. Se seu logotipo estiver ausente ou não estiver formatado corretamente, ele será exibido incorretamente ou não aparecerá no carrossel de notícias principais.
  4. Verifique totalmente a AMP para a Pesquisa Google usando a Ferramenta de teste de AMP.

Monitorar e melhorar suas páginas

Verifique periodicamente todas as suas páginas AMP monitorando os seguintes relatórios:

Se você precisar atualizar imediatamente o cache de AMP do Google para veicular a versão mais recente do seu conteúdo, consulte Atualizar o conteúdo de AMP.

Se você tiver que parar de veicular suas páginas AMP nos resultados da Pesquisa Google, siga as etapas em Remover AMP dos resultados da Pesquisa Google.

Praticar com codelabs

Veja alguns codelabs para praticar a criação de páginas AMP para a Pesquisa Google:

Recursos

Agora que você criou suas páginas AMP, veja aqui alguns recursos para saber mais sobre outras integrações de produtos do Google para AMP: