O que é uma mudança de site?

Como proprietário de um site, é possível que em algum momento você queira movê-lo para um URL ou uma infraestrutura diferente. Nesta página, abordamos os diferentes cenários de mudanças de site e fornecemos dicas sobre como preparar, implementar e monitorar a mudança.

Nesta documentação, uma reformulação do site não é considerada uma mudança, mesmo que envolva adicionar URLs. Reformular significa alterar o layout de páginas existentes ou adicionar páginas de conteúdo novo. Já uma mudança significa mover páginas existentes das seguintes maneiras:

  • Mudança de site sem alterações de URL
    A infraestrutura que veicula o site é modificada, mas não há mudança visível no URL. Por exemplo, se você mover www.example.com para um provedor de hospedagem diferente, mas mantiver www.example.com como o mesmo URL raiz do site.
  • Mudança de site com alterações de URL
    Os URLs das páginas mudam. Exemplo:
    • Alterações de protocolo: de http://www.example.com para https://www.example.com
    • Trocas no nome de domínio: de example.com para example.net
    • Modificações no caminho do URL: de example.com/page.php?id=1 para example.com/widget

Para modificar como o site é exibido aos usuários de dispositivos móveis e de computador, consulte o guia de design para sites compatíveis com dispositivos móveis.

Recomendações para todas as mudanças de site

  • Divida a mudança em etapas menores, se isso funcionar para seu site.
    Recomendamos começar a mudança somente por uma parte do site para testar os efeitos no tráfego e na indexação de pesquisa. Depois disso, você poderá mudar o restante de uma só vez ou em blocos. Escolha para o teste inicial do site uma seção que mude menos regularmente e que não seja afetada de maneira significativa por eventos frequentes ou imprevisíveis. Mudar só uma seção do site é uma ótima maneira de testar o processo, mas não representa necessariamente a transição de todo o site em termos de pesquisa. Quanto mais páginas você mudar, maiores as chances de problemas. Faça um planejamento cuidadoso para minimizar esses riscos.
  • Organize a mudança de modo que ela coincida com o período de tráfego mais baixo, se possível.
    Caso seu tráfego seja sazonal ou mais intenso em determinados dias da semana, recomendamos mudar o site durante esses períodos menos movimentados. Isso diminui o impacto das falhas e também melhora o aproveitamento do servidor ao ajudar o Googlebot a atualizar nosso índice.
  • Pode haver uma flutuação temporária na classificação do site durante a mudança.
    Qualquer mudança significativa pode causar flutuações na classificação enquanto o Google rastreia e indexa o site novamente. Como regra geral, a maior parte das páginas de um site de médio porte será movida no nosso índice em algumas semanas, enquanto sites maiores podem levar mais tempo. O tempo que o Googlebot e nossos sistemas levarão para descobrir e processar os URLs movidos depende muito do número de URLs e da velocidade do seu servidor. Enviar um sitemap pode acelerar esse processo. Também é possível mover o site por partes.
  • Faça perguntas na Central da Pesquisa Google.
    Nossa página de ajuda tem várias dicas úteis, e nossos fóruns de usuários têm respostas para casos específicos. Se você não conseguir encontrar uma resposta, faça uma pergunta em tempo real para um dos especialistas da Pesquisa Google durante os horários de atendimento de SEO.
  • Se a mudança envolve uma alteração de URL, talvez seja melhor usar um Teste A/B ou uma versão de teste.
    Calcule um período de algumas semanas até que o rastreamento e a indexação detectem as alterações, mais algum tempo para monitorar o tráfego.