Pronto!

Para começar a desenvolver, acesse nossa documentação do desenvolvedor.

Ative a Google Maps Android API

Para começar, orientaremos você pelo Google Developers Console para realizar algumas atividades:

  1. Criar ou selecionar um projeto
  2. Ative a Google Maps Android API
  3. Criar chaves apropriadas
Continuar

Primeiros passos

Este é um guia de início rápido para adicionar um mapa a um aplicativo Android. O Android Studio é o ambiente de desenvolvimento recomendado para criar um aplicativo com a Google Maps Android API.

Etapa 1. Baixar o Android Studio

Siga os guias para baixar e instalar o Android Studio.

Etapa 2. Instalar o SDK do Google Play Services

Adicione o pacote do Google Play Services ao Android Studio.

Etapa 3. Criar um projeto do Google Maps

Siga estas etapas para criar um novo projeto de aplicativo, incluindo uma atividade de mapa:

  1. Inicie o Android Studio.
  2. Crie um novo projeto:

    • Se a caixa de diálogo Welcome to Android Studio for exibido, selecione Start a new Android Studio project, disponível em "Quick Start" no lado direito da caixa de diálogo.
    • Caso contrário, clique em File na barra de menus do Android Studio, em New e em New Project.
  3. Insira o nome do aplicativo, o domínio da empresa e a localização do projeto, como solicitado. Clique em Next.

  4. Selecione os fatores de forma necessários para o aplicativo. Se não tiver certeza do que é necessário, selecione Phone and Tablet. Clique em Next.
  5. Selecione Google Maps Activity na caixa de diálogo 'Add an activity to Mobile'. Clique em Next.
  6. Insira o nome da atividade, o nome do layout e o título, conforme solicitado. Os valores padrão são adequados. Clique em Finish.

O Android Studio inicia o Gradle e cria o projeto. Isso pode demorar alguns segundos. Para obter mais informações sobre a criação de um projeto no Android Studio, consulte a documentação do Android Studio.

Quando a criação é concluída, o Android Studio abre os arquivos google_maps_api.xml e MapsActivity.java no editor. (Observe que a atividade pode ter um nome diferente, mas será a atividade configurada durante a instalação.) Observe que o arquivo google_maps_api.xml contém instruções para obter uma chave da Google Maps API antes de tentar executar o aplicativo. A próxima seção descreve em mais detalhes como obter a chave de API.

Etapa 4. Obter uma chave da Google Maps API

O aplicativo precisa de uma chave de API para acessar os servidores do Google Maps. O tipo de chave necessária é uma chave de API com restrição a aplicativos Android. A chave é gratuita. Você pode usá-la com qualquer aplicativo que chama a Google Maps Android API. A chave permite um número ilimitado de usuários.

Escolha uma das maneiras a seguir para obter a chave de API no Android Studio:

  • A maneira fácil e rápida: Use o link fornecido no arquivo google_maps_api.xml que o Android Studio criou para você:
    1. Copie o link fornecido no arquivo google_maps_api.xml e cole no navegador. O link leva você ao Google API Console e fornece as informações necessárias ao Google API Console por meio de parâmetros de URL, reduzindo assim a necessidade de inserção manual.
    2. Siga as instruções para criar um novo projeto no Google API Console ou selecione um projeto existente.
    3. Crie uma chave de API restrita ao Android para o seu projeto.
    4. Copie a chave de API gerada, volte ao Android Studio e cole-a no elemento <string> do arquivo google_maps_api.xml.
  • Uma maneira que demora um pouco mais: Use as credenciais presentes no arquivo google_maps_api.xml que o Android Studio criou para você:
    1. Copie as credenciais presentes no arquivo google_maps_api.xml.
    2. Acesse o Google API Console no navegador.
    3. Use as credenciais copiadas para adicionar o aplicativo a uma chave de API ou criar uma nova chave de API.
  • O processo completo para obter uma chave de API: se nenhuma das opções acima funcionar para a sua situação, siga o processo completo.

Etapa 5. Hello Map! Examinar o código

Examine o código fornecido no modelo. Especificamente, examine os arquivos a seguir no projeto do Android Studio.

O arquivo de layout XML

Por padrão, o arquivo XML que define o layout do aplicativo está em res/layout/activity_maps.xml. Esse arquivo contém o seguinte código:

<fragment xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android"
    xmlns:tools="http://schemas.android.com/tools"
    android:layout_width="match_parent"
    android:layout_height="match_parent"
    android:id="@+id/map"
    tools:context=".MapsActivity"
    android:name="com.google.android.gms.maps.SupportMapFragment" />

O arquivo Java de atividades de mapa

Por padrão, o arquivo Java que define a atividade dos mapas é denominado MapsActivity.java. Esse arquivo contém o seguinte código após o nome do pacote:

import android.os.Bundle;
import android.support.v4.app.FragmentActivity;
import com.google.android.gms.maps.CameraUpdateFactory;
import com.google.android.gms.maps.GoogleMap;
import com.google.android.gms.maps.OnMapReadyCallback;
import com.google.android.gms.maps.SupportMapFragment;
import com.google.android.gms.maps.model.LatLng;
import com.google.android.gms.maps.model.MarkerOptions;

public class MapsActivity extends FragmentActivity implements OnMapReadyCallback {

    private GoogleMap mMap;

    @Override
    protected void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
        super.onCreate(savedInstanceState);
        setContentView(R.layout.activity_maps);
        SupportMapFragment mapFragment = (SupportMapFragment) getSupportFragmentManager()
                .findFragmentById(R.id.map);
        mapFragment.getMapAsync(this);
    }

    @Override
    public void onMapReady(GoogleMap googleMap) {
        mMap = googleMap;

        // Add a marker in Sydney, Australia, and move the camera.
        LatLng sydney = new LatLng(-34, 151);
        mMap.addMarker(new MarkerOptions().position(sydney).title("Marker in Sydney"));
        mMap.moveCamera(CameraUpdateFactory.newLatLng(sydney));
    }
}

Se o arquivo de atividade de mapas não contém o código acima, substitua o conteúdo do arquivo com esse código, após o nome do pacote.

Etapa 6. Conectar um dispositivo Android

A maneira mais simples de ver o aplicativo em ação é conectar um dispositivo Android ao seu computador. Siga as instruções para ativar as opções de desenvolvedor no dispositivo Android e configurar o aplicativo e o sistema para detectar o dispositivo.

Como alternativa, use o Android Emulator para executar o aplicativo. Use o Android Virtual Device (AVD) Manager para configurar um ou mais dispositivos virtuais para usar com o Android Emulator quando você criar e executar o aplicativo. Ao escolher um emulador, não deixe de usar o Android 4.2.2 ou posterior e tenha cuidado para escolher uma imagem que vincula as Google APIs. Caso contrário, o aplicativo não terá as APIs de tempo de execução necessárias para a execução. Além disso, anote as instruções para configurar a aceleração de máquinas virtuais e use-as com um AVD de destino x86, como descrito nas instruções. Isso aprimorará a experiência com o emulador.

Etapa 7. Compilar e executar o aplicativo

No Android Studio, clique na opção de menu Run (ou no ícone do botão Play) para executar o aplicativo.

Quando solicitado a escolher um dispositivo, selecione uma das seguintes opções:

  • Selecione o dispositivo Android conectado ao computador.
  • Como alternativa, selecione o botão de opção Launch emulator e escolha o dispositivo virtual configurado anteriormente.

Clique em OK. O Android Studio invoca o Gradle para compilar o aplicativo e exibe os resultados no dispositivo ou no emulador. A abertura do aplicativo pode demorar alguns minutos.

Será exibido um mapa com um marcador posicionado em Sidnei, Austrália. Se o mapa não for exibido, confirme a conclusão de todas as etapas descritas nesta página. Especificamente, verifique se adicionou uma chave de API como descrito acima.

Próximas etapas

Examine os exemplos de código.

Saiba mais sobre os objetos de mapa no guia do desenvolvedor.

Enviar comentários sobre…

Google Maps Android API
Google Maps Android API
Precisa de ajuda? Acesse nossa página de suporte.