Princípios básicos de como a Pesquisa funciona

O Google é um mecanismo de pesquisa totalmente automatizado que utiliza softwares conhecidos como rastreadores da Web, que exploram a Web regularmente para encontrar sites a serem adicionados ao nosso índice. Na realidade, a maioria dos sites listados em nossos resultados de pesquisa não é enviada manualmente para inclusão. Eles são encontrados e adicionados de maneira automática quando nossos bots rastreiam a Web.

A Pesquisa Google funciona basicamente em três etapas:

  • Rastreamento: o Google faz pesquisas na Web com programas automatizados chamados rastreadores, buscando páginas novas ou atualizadas. O Google armazena os endereços dessas páginas (ou os URLs) em uma grande lista para analisar posteriormente. Encontramos páginas de muitos métodos diferentes, mas o principal é seguir links de páginas que já conhecemos.
  • Indexação: o Google acessa as páginas que rastreou e tenta analisar o conteúdo de cada uma. Analisamos o conteúdo, as imagens e os arquivos de vídeo da página, tentando identificar sobre o que ela trata. Essa informação fica registrada no índice do Google, um grande banco de dados armazenado em diversos computadores.
  • Exibição dos resultados da pesquisa: quando um usuário faz uma pesquisa, o Google tenta identificar os resultados mais qualificados. Os "melhores" resultados têm muitos fatores, incluindo localização, idioma, dispositivo (computador ou smartphone) e consultas anteriores do usuário. Por exemplo, em uma pesquisa por "oficinas de conserto de bicicletas", os resultados seriam diferentes para um usuário de Paris e outro de Hong Kong. O Google não aceita pagamento para atribuir aos sites uma classificação mais alta. A classificação é feita por algoritmos.

Caso você tenha interesse, saiba um pouco mais sobre como a Pesquisa funciona. Há uma versão ainda mais longa sobre como a Pesquisa Google funciona.