O Discover e seu site

O Discover mostra aos usuários conteúdo relacionado aos interesses deles com base na Atividade na Web e de apps.

Discover

Com a Pesquisa, os usuários inserem um termo para encontrar informações úteis relacionadas à consulta, mas o Discover usa uma abordagem diferente. Em vez de mostrar os resultados de uma consulta, o Discover exibe conteúdo principalmente com base nos interesses do usuário segundo os sistemas automatizados do Google.

Como um feed altamente personalizado, o Discover se ajusta de forma ativa aos interesses de um usuário e exibe conteúdo alinhado a esses interesses. O conteúdo do Discover é atualizado automaticamente à medida que o novo conteúdo é publicado. No entanto, o Discover foi projetado para mostrar todos os tipos de conteúdo útil da Web, e não somente conteúdo recém-publicado.

Estamos sempre aprimorando o Discover para oferecer conteúdo útil e personalizado aos usuários. Devido à natureza dinâmica do recurso, o tráfego do Discover é menos previsível ou confiável que o da Pesquisa e precisa ser considerado complementar a ele. Nosso trabalho contínuo para aprimorar a experiência do usuário do Discover permite que os sites vejam mudanças no tráfego não relacionadas à qualidade ou à frequência de publicação do conteúdo.

Como o conteúdo aparece no Discover

As páginas são automaticamente qualificadas para exibição no Discover quando são indexadas pelo Google e atendem às políticas de conteúdo do Discover. Não é necessário incluir tags especiais nem dados estruturados. Observação: estar qualificado para aparecer no Discover não é uma garantia de exibição.

Nossos sistemas automatizados exibem conteúdo no Discover de sites com muitas páginas individuais que demonstram experiência, autoridade e confiabilidade (EAT, na sigla em inglês). Os editores que pretendem aprimorar esses aspectos precisam fazer algumas das mesmas perguntas que recomendamos aos proprietários de sites em relação à Pesquisa. Embora a Pesquisa e o Discover sejam diferentes, os princípios gerais de EAT são semelhantes, já que se aplicam ao conteúdo.

Para aumentar a probabilidade de que seu conteúdo apareça no Discover, é recomendável seguir estas orientações:

  • Use títulos de página que resumam a natureza do conteúdo, mas não no estilo indutor de cliques.
  • Inclua imagens atraentes e de alta qualidade no conteúdo, especialmente imagens grandes com maior probabilidade de gerar visitas no Discover. As imagens grandes precisam ter pelo menos 1.200 px de largura e ser ativadas pela configuração max-image-preview:large ou usando AMP. Evite usar um logotipo de site como imagem.
  • Evite táticas para aumentar artificialmente o engajamento usando detalhes enganosos ou exagerados no conteúdo de visualização (título, snippets, imagens) para aumentar o interesse ou omitindo informações essenciais para entender o material.
  • Evite táticas que manipulem o interesse apelando para a curiosidade mórbida, excitação ou indignação.
  • Crie conteúdo relevante para os interesses atuais, que conte bem uma história ou forneça informações exclusivas.

Para oferecer uma boa experiência do usuário, o Discover procura apresentar conteúdo adequado nos feeds baseados em interesses, como artigos e vídeos, além de filtrar materiais indesejados ou que possam confundir os leitores. Por exemplo, o Discover talvez não recomende vagas de emprego, petições, formulários, repositórios de código ou conteúdo satírico sem contexto.

Monitorar seu desempenho no Discover

Se você tiver conteúdo no Discover, monitore seu desempenho usando o Relatório de desempenho. Esse relatório mostra impressões, cliques e CTR de qualquer conteúdo que tenha aparecido no Discover nos últimos 16 meses, contanto que seus dados atinjam um limite mínimo de impressões. Recentemente, adicionamos tráfego do Chrome ao relatório de desempenho do Discover. Agora esse relatório rastreia totalmente o tráfego do Discover de um site em todas as plataformas em que os usuários interagem com ele. Leia mais no blog da Central da Pesquisa Google.