Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Ajudar o Google a entender a estrutura de um site de e-commerce

Para encontrar o melhor conteúdo no seu site, o Google analisa a relação entre as páginas com base nas vinculações. Isso significa que as estruturas de navegação, como menus e links entre várias páginas, podem afetar a compreensão do Google sobre a estrutura do site.

Por exemplo, o Google pode usar informações como o número de links necessários para chegar a uma página e o número de links que levam a uma página para inferir a importância relativa de uma página em relação ao restante do site. Para saber mais sobre como o Google determina a importância de uma página na Pesquisa Google, consulte Como funciona a Pesquisa Google.

Otimizar a navegação em um site de e-commerce para o rastreador do Google

Para ajudar o Google a encontrar todas as suas páginas, siga as práticas recomendadas para sites de e-commerce e confira se as páginas podem ser acessadas por links na navegação do site. Por exemplo, adicione links de menus a páginas de categorias, de páginas de categorias a páginas de subcategorias e, por fim, de páginas de subcategorias a todas as páginas de produtos. Também é recomendável adicionar dados estruturados, já que isso ajuda o Google a entender a finalidade das diferentes páginas no site para reforçar essa estrutura.

Exemplo de menu de site com categorias da loja on-line do Google.

Se as páginas de categoria não incluírem links diretos para todos os produtos em uma categoria, o Googlebot não encontrará todos os seus produtos pelo rastreamento. Esses produtos podem ser acessados em uma caixa de pesquisa, mas não pela pesquisa por categoria. Geralmente, o Googlebot não tenta enviar pesquisas para uma caixa de pesquisa como parte do rastreamento de um site. É altamente recomendável vincular a todos os produtos que você quer indexar. Se não for possível vincular a todas as páginas, use um sitemap ou um feed do Google Merchant Center. Essas fontes podem incluir links para páginas de um site que um rastreador não encontraria de outra forma.

Para garantir que o Googlebot localize corretamente o link, use tags <a href> ao criar links para outros conteúdos. Não use eventos JavaScript em outros elementos HTML DOM para navegação. Se você quiser saber mais sobre o JavaScript e a indexação do conteúdo da página, consulte Princípios básicos de SEO em JavaScript.

Promover as melhores categorias ou produtos

Geralmente, o Google não analisa a estrutura de URLs para criar a estrutura de um site. Em vez disso, ele analisa as vinculações entre as páginas para entender melhor a importância relativa de diferentes páginas em um site. Como regra geral, quanto mais links no seu site levarem a uma determinada página, maior será a importância relativa dela para outras páginas no site.

Por exemplo, se você tiver um produto mais vendido, vincule-o à página inicial ou a outros conteúdos, como postagens do blog ou newsletters no site. Isso ajudará o Google a entender a importância do produto em relação ao site.

No fim das contas, o Google tenta ajudar os usuários a encontrar o que estão procurando. A principal prática recomendada de SEO para o e-commerce é criar um conteúdo útil e interessante que seja valioso para os usuários.

Para saber mais, consulte também Práticas recomendadas (e não recomendadas) de navegação facetada.