Perguntas frequentes sobre a Plataforma Google Maps

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Como começar

Entender os Termos de Serviço

Limites de uso e cobrança

Usar a Plataforma Google Maps

Erros e solução de problemas

Serviços da Plataforma Google Maps

API Maps JavaScript

SDK do Maps para iOS

SDK do Maps para Android

Assinar URLs

Como começar

O que é a Plataforma Google Maps?

A Plataforma Google Maps é um conjunto de APIs e SDKs que permite aos desenvolvedores incorporar o Google Maps a aplicativos e páginas da Web para dispositivos móveis ou recuperar dados do Google Maps. Há várias ofertas, então você pode usar uma ou várias dessas APIs e SDKs, dependendo das suas necessidades:

Maps:

Routes:

Places:

Como posso começar a usar a Plataforma Google Maps?

Consulte Como começar a usar a Plataforma Google Maps.

De qual API eu preciso?

Para que você encontre a API certa com base nos seus requisitos funcionais, conheça o Seletor de APIs.

Como começo a usar as APIs no meu site?

Consulte os guias "Perspectiva geral", "Desenvolvedor" e "Como começar" para consultar a API ou o SDK específico em que você tem interesse. Por exemplo, confira os guias do SDK do Maps para Android ou da API Maps JavaScript.

Quais países são cobertos pela Plataforma Google Maps?

A equipe do Google Maps trabalha constantemente para produzir novos dados de mapas e aumentar nossa cobertura internacional. Consulte os dados de cobertura do Google Maps para ver as informações de cobertura mais recentes. Filtre os dados com a caixa de filtragem na parte de cima da página. A cobertura de dados poderá ser alterada se os contratos de licença com os provedores de dados mudarem.

Consulte também:

Posso colocar o Google Maps no meu site sem usar os produtos da Plataforma Google Maps?

Sim. Agora, o Google Maps oferece a possibilidade de incorporar o mapa que você está vendo ao seu site ou blog, sem a necessidade de qualquer programação ou uso da Plataforma Google Maps. Veja mais informações aqui.

Como posso fornecer aplicativos do Maps em dispositivos móveis?

Para incorporar mapas em um aplicativo Android, use o SDK do Maps para Android.

Para incorporar mapas em um aplicativo iOS nativo, use o SDK do Maps para iOS.

A API Maps JavaScript foi desenvolvida para atender a dispositivos móveis e é adequada para aplicativos de navegador destinados a computadores e dispositivos que incluam um navegador da Web com uma implementação completa de JavaScript, como o Apple iPhone.

Para os aplicativos destinados a dispositivos que não são adequados ao uso da API Maps JavaScript, a API Maps Static fornece imagens de mapa nos formatos GIF, JPG e PNG, incluindo marcadores e polilinhas. O uso da API Maps Static fora de apps com base em navegadores exige que a imagem do mapa seja vinculada ao Google Maps.

Quais navegadores da Web são compatíveis com as APIs Maps JavaScript e Maps Embed?

As APIs Maps JavaScript e Maps Embed aceitam os seguintes navegadores da Web:

Computador
  • Versão atual do Microsoft Edge (Windows)
  • Versões atual e anteriores do Firefox (Windows, macOS e Linux)
  • Versões atual e anteriores do Chrome (Windows, macOS e Linux)
  • A versão atual e as anteriores do Safari (macOS)

Para liberar os recursos e oferecer as funcionalidades pedidas pelos clientes e disponíveis em navegadores mais recentes, a Plataforma Google Maps está encerrando o suporte ao Internet Explorer 11. A Microsoft deixou de oferecer suporte ao IE11 em 2021 e incentivou a migração para o Microsoft Edge.

A partir de agosto de 2021, uma mensagem de alerta vai aparecer para os usuários do Internet Explorer 11 na parte de cima do mapa. A última versão da API Maps JavaScript compatível com o Internet Explorer 11 é a v3.47. O suporte ao Internet Explorer 11 vai ser totalmente desativado em novembro de 2022. Isso também vale para o modo IE no Edge.

Android
  • Versão atual do Chrome no Android 4.1+
  • Chrome WebView no Android 4.4+
iOS
  • Mobile Safari nas versões principais atual e anteriores do iOS
  • UIWebView e WKWebView nas versões principais atual e anteriores do iOS
  • Versão atual do Chrome para iOS
Posso imprimir mapas usando a API Maps JavaScript?

Não temos suporte para impressão pela API Maps JavaScript, porque esse recurso é inconsistente dentre os navegadores mais usados.

Como saberei quando houver alterações nos produtos da Plataforma Google Maps?

Inscreva-se no Blog da Plataforma Google Maps para receber atualizações sobre as várias ofertas para desenvolvedores do Google Geo.

Como entro em contato com o suporte técnico?

Consulte a seção Suporte e recursos da Plataforma Google Maps para ver detalhes sobre as opções de suporte disponíveis.

Quando o suporte técnico estará disponível?
A equipe de suporte está disponível de segunda-feira às 9h (horário de Tóquio) a sexta-feira às 17h (horário do Pacífico), exceto durante os feriados regionais para problemas relacionados à "impossibilidade de utilização de serviços".
Como posso recuperar o acesso à minha Conta do Google?

Se você perdeu o acesso à sua Conta do Google (por exemplo, joao@minhaempresa.com ou joao@gmail.com), tente recuperar ou redefinir a senha. Acesse o artigo Como recuperar sua Conta do Google ou do Gmail na Ajuda da Conta do Google.

Como posso recuperar o acesso a um projeto específico?

Se você perdeu o acesso ao projeto em que gerencia sua implementação da Plataforma Google Maps, tente fazer a recuperação.

Veja estas instruções caso você tenha acesso à sua Conta do Google associada ao projeto:

Veja estas instruções caso você não tenha acesso à sua Conta do Google associada ao projeto:

Posso usar o SDK do Maps e do Places para iOS em Macs baseados em ARM?

O desenvolvimento nos novos Macs baseados em ARM é possível. No entanto, é necessário criar e executar em um dispositivo iOS físico. Essa é uma limitação temporária enquanto buscamos expandir o suporte para o desenvolvimento em simuladores.

Entender os Termos de Serviço

Quais são os Termos de Serviço dos produtos da Plataforma Google Maps?

Os Termos de Serviço da Plataforma Google Maps estão disponíveis em:

https://cloud.google.com/maps-platform/terms

Meu site atende aos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps?

Você pode usar a Plataforma Google Maps nos seus aplicativos, desde que o site atenda aos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps.

No entanto, há alguns usos da Plataforma Google Maps que não são permitidos: mapas que identifiquem locais para comprar drogas ilícitas em uma cidade, por exemplo, ou qualquer outra atividade ilegal. Também respeitamos a privacidade das pessoas. Por isso, a Plataforma Google Maps não pode ser usada para identificar informações particulares de indivíduos.

Antes de desenvolver e lançar um app, verifique se ele obedece aos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps. Os engenheiros do Google só podem oferecer assistência técnica e não estão qualificados para oferecer consultoria jurídica. O Google se reserva o direito de suspender ou encerrar sua utilização do serviço a qualquer momento. Sendo assim, leia os Termos das APIs do Maps com atenção.

Posso acessar diretamente blocos de mapas e imagens de satélite?

Não é permitido acessar blocos de mapas e imagens de satélite usando qualquer mecanismo além da Plataforma Google Maps (como a criação da sua própria API de mapeamento ou o uso de um script de download de blocos em massa). O acesso do seu aplicativo aos blocos será bloqueado se esse processo ocorrer fora da Plataforma Google Maps. Consulte os Termos de Serviço da Plataforma Google Maps para mais detalhes.

Posso usar os produtos da Plataforma Google Maps em aplicativos de rastreamento?

Não há restrições para a exibição de dados em tempo real (rastreamento) com os produtos da Plataforma Google Maps, contanto que seu aplicativo obedeça aos Termos de Serviço relacionados.

Posso usar as APIs do Google Maps em aplicativos que não acessam a web?

Sim, os produtos da Plataforma Google Maps agora podem ser usados em aplicativos que não acessam a Web, contanto que as outras restrições dos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps sejam observadas.

A API Maps JavaScript só funciona adequadamente quando executada em um dos navegadores compatíveis.

Posso usar os produtos da Plataforma Google Maps em um site protegido por senha?

Sim, os serviços do Google Maps, do Routes e do Places podem ser usados com aplicativos de acesso privado. Consulte os Termos de Serviço da Plataforma Google Maps para mais detalhes.

Posso criar um aplicativo que inclua dados da Plataforma Google Maps em um documento?

Se o aplicativo gerar um documento, em formato eletrônico ou impresso, nenhum dado da Plataforma Google Maps (incluindo imagens) vai poder ser incluído nele. Para mais detalhes, consulte a seção "Proibição de cópia" dos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps.

Como posso cancelar a inclusão do meu conteúdo nos resultados de pesquisas do Google?

Não coletamos mais esse tipo de dados. O parâmetro indexing foi descontinuado e não tem efeito. Não é mais necessário desativar explicitamente, mas incentivamos você a remover esse parâmetro assim que possível.

Para remover sua página ou site dos resultados da pesquisa, siga as instruções fornecidas na nossa Central de Ajuda para webmasters.

Posso usar a API Maps Static para gerar, armazenar e exibir uma imagem de mapa no meu site?

Não é permitido armazenar nem veicular cópias de imagens geradas com a API Maps Static no seu site. Todas as páginas da Web que requerem imagens estáticas precisam vincular o atributo src de uma tag img HTML ou o atributo background-image CSS de uma tag div HTML diretamente à API Maps Static para que todas as imagens de mapas sejam exibidas dentro do conteúdo HTML da página da Web e fornecidas pelo Google diretamente para os usuários finais.

Limites de uso e cobrança

Como configuro o faturamento do meu projeto?
Consulte o artigo Como começar a usar a Plataforma Google Maps.
Como os clientes do Nível sem custo financeiro do Google Cloud Platform fazem upgrade para uma conta paga?
O programa Nível sem custo financeiro do Google Cloud Platform oferece aos clientes um teste com US$ 300 de crédito sem custo financeiro para usar com qualquer serviço do Google Cloud Platform (GCP), incluindo as APIs da Plataforma Google Maps (GMP). Quando o teste sem custo financeiro terminar, você vai precisar fazer upgrade para uma conta paga se quiser continuar usando esses serviços. Acesse o console do Cloud para fazer o upgrade.
A Plataforma Google Maps tem limites de uso?

Não há limites diários para o número de solicitações que podem ser feitas nos produtos da Plataforma Google Maps. Os únicos limites de uso estão relacionados ao número máximo de consultas por segundo (QPS). No caso da matriz de distância, o limite é definido em eventos por segundo (EPS, na sigla em inglês) calculado como a soma das consultas do lado do cliente e do servidor. A tabela a seguir mostra o limite de uso de cada API:

API Limite de uso
Validação de endereço 6.000 QPM
Rotas 50 QPS
Distance Matrix 1.000 EPS
Elevation 100 QPS
Geocoding 50 QPS
Geolocation 100 QPS
Dynamic Maps 500 QPS
Static Maps 500 QPS
API Street View Image 500 QPS
Time Zone 500 QPS
Places (exceto dispositivos móveis) 100 QPS
Roads 500 QPS

Para se manter dentro dessas cotas, você pode monitorar seu uso da API e definir limites diários para todas as solicitações de qualquer API faturável.

Os produtos da Plataforma Google Maps precisam ser implantados em conformidade com os Termos de Serviço padrão da Plataforma Google Maps.

Como o custo decorrente do uso é calculado?

Para uma visão geral dos preços dos produtos da Plataforma Google Maps, consulte a tabela de preços.

Para saber mais sobre como as APIs da Plataforma Google Maps são faturadas, consulte a seção Noções básicas sobre o faturamento do Maps, do Routes e do Places.

Como os carregamentos de mapas são contabilizados na Plataforma Google Maps?

Um único carregamento de mapa é cobrado quando uma das seguintes situações ocorre:

  • Uma página da Web ou aplicativo exibe um mapa usando a API Maps JavaScript.
  • Um aplicativo solicita uma única imagem de mapa da API Maps Static.

Os Panoramas no Street View são cobrados separadamente dos carregamentos de mapa:

  • Um panorama do Street View estático é cobrado a cada solicitação à API Street View Static para incorporar um panorama estático (não interativo).
  • Um panorama do Street View dinâmico é cobrado a cada instanciação de um objeto de panorama em uma API Maps JavaScript, no aplicativo SDK do Maps para Android ou SDK do Maps para iOS.

Depois que uma página da Web ou um app carrega um mapa, uma imagem de mapa estática ou um panorama do Street View, qualquer interação do usuário, como movimentar, aumentar e diminuir zoom ou alternar camadas do mapa, não gera outros carregamentos nem afeta os limites de uso.

Adicionar um marcador não gera carregamentos de mapa adicionais, mas pode gerar cobranças em relação à forma como o local do alfinete foi determinado, como ao carregar ou recarregar a classe "google.maps.Map()".

Como posso monitorar meu uso?

É possível monitorar o uso de APIs individuais no Console do Google Cloud.

  1. Selecione o projeto que contenha a API que você quer verificar.
  2. Na lista de APIs do Painel, clique no nome da API.
  3. Na parte de cima da página, clique em Métricas ou Cotas.

Para ver um relatório de tráfego e as informações de faturamento de um projeto inteiro, siga estas etapas:

  1. Configure o faturamento se ainda não tiver feito isso.
  2. Acesse a página "Faturamento" do Console do Cloud.
  3. Selecione um projeto.
  4. Na barra lateral esquerda, clique em Relatórios. Use os filtros na barra lateral direita para encontrar os relatórios da sua conta de faturamento.

Para saber mais, consulte Geração de relatórios da Plataforma Google Maps, Como monitorar o uso de APIs e Como limitar o uso da API.

O que acontece se eu exceder os limites da taxa de solicitação (QPS)?

Se você exceder os limites de QPS de um determinado produto da Plataforma Google Maps, a API retornará uma mensagem de erro. Se você fizer isso de forma repetida, o acesso à API poderá ser bloqueado temporariamente.

Se você exceder os limites de QPS ou violar o serviço, as solicitações retornarão uma mensagem de erro específica. Se você continuar a exceder os limites, o acesso à Plataforma Google Maps poderá ser bloqueado.

Observação: quatro das APIs de serviço da Web têm um serviço equivalente para o cliente disponível na API Maps JavaScript: Directions, Distance Matrix, Elevation e Geocoding.

Limites de uso excedidos

Se você ultrapassar os limites de uso, vai receber um código de status OVER_QUERY_LIMIT como resposta.

Isso significa que o serviço da Web vai deixar de oferecer respostas normais e vai passar a retornar somente o código de status OVER_QUERY_LIMIT até que você possa retomar o uso. Isso pode acontecer em alguns segundos se o erro for recebido porque seu app enviou muitas solicitações por segundo.

Se você ultrapassar os limites de uso de QPS regularmente, otimize os aplicativos para utilizar os produtos da Plataforma Google Maps com mais eficiência e reduzir o uso. Consulte o Guia de otimização para mais informações.

Meu site recebe muito tráfego. Posso usar os produtos da Plataforma Google Maps?

Sim. No entanto, recomendamos que você se familiarize com os limites de uso dos produtos da Plataforma Google Maps usados pelo app.

Quando você tem uma conta de faturamento e ultrapassa o limite de uso mensal sem custo financeiro de US$ 200, mas não tem uma forma de pagamento válida na conta (cartão de crédito, transferência bancária etc.), a API deixa de funcionar e só volta quando você adiciona uma forma de pagamento válida.

Como o uso será calculado e cobrado?

O uso é calculado no fim de cada dia e cobrado conforme descrito na tabela de preços. Ao fim de cada mês, o uso total é cobrado pela forma de pagamento associada à sua conta de faturamento. Para mais informações, consulte Faturamento da Plataforma Google Maps.

Quanto custa usar a Plataforma Google Maps?

Consulte a tabela de preços para saber sobre o custo por API. Se o app gerar solicitações ou volumes de carregamento de mapa de até US$ 200 por mês, não vai haver cobranças. O uso excedente vai ser cobrado na sua conta de faturamento. Para mais detalhes, consulte nosso guia para entender o faturamento da Plataforma Google Maps.

Os preços estão disponíveis em outras moedas?

Pode haver moedas adicionais disponíveis no console. Quando você seleciona uma moeda diferente, as taxas são convertidas a partir do valor equivalente em USD listado na tabela de preços.

Configurei o faturamento. Como visualizo minha conta?

O Google faz as cobranças pela atividade do mês anterior no início de cada mês usando a forma de pagamento especificada. Para mais detalhes sobre sua fatura, consulte nosso guia para entender o faturamento da Plataforma Google Maps.

Recursos adicionais

Como posso evitar uma cobrança alta se meu uso aumentar inesperadamente?

A Plataforma Google Maps oferece maneiras de definir limites diários de solicitações e de cobranças. Você pode definir o limite diário máximo de uso para se proteger contra aumentos inesperados. Também é possível definir alertas de orçamento para receber notificações por e-mail quando as cobranças da sua conta de faturamento atingirem um limite estabelecido por você.

Como definir o limite diário máximo de cobranças:

Para evitar uma fatura alta, defina um limite diário de uso e se proteja contra aumentos inesperados. É possível alterar esse limite no Console do Cloud seguindo estas etapas:

  1. Acesse o painel de APIs e serviços.
  2. Selecione um projeto, se solicitado.
  3. Selecione uma API na lista e clique na guia Cotas.
  4. Clique no ícone de edição ao lado da cota solicitações por dia.

Também é possível editar várias cotas de diferentes APIs usando o Painel de cotas do IAM e do administrador.

Como definir e gerenciar alertas de orçamento:

Configure alertas de orçamento para enviar notificações para o e-mail dos administradores de faturamento quando as cobranças da conta atingirem um limite que você estabeleceu. Os administradores vão receber notificações por e-mail quando as cobranças estimadas da conta excederem 50%, 90% e 100% do limite.

Recebi uma mensagem informando que meu projeto está vinculado à "conta de transição da Plataforma Google Maps", mas não tenho acesso a essa conta. O que devo fazer?

A "conta de transição da Plataforma Google Maps" foi criada para ajudar alguns clientes na transição para nosso novo plano de preços de pagamento por utilização. Com essa transição, o Google dá a esses clientes um crédito único para que continuem usando a Plataforma Google Maps até o limite do nível sem custo financeiro de US$ 200. Quando você ultrapassa esse limite, a conta de faturamento é encerrada, e você perde o acesso ao serviço. Para evitar interrupções no serviço, defina sua própria conta de faturamento e continue aproveitando o nível que dá US$ 200 de crédito mensal sem custo financeiro. Para mudar a conta de faturamento do seu projeto, siga estas etapas:

  1. Crie uma nova conta de faturamento (caso já tenha uma, ignore esta etapa).
  2. Associe a conta de faturamento ao seu projeto.
Por que meu limite de cota é de uma solicitação por dia? Como posso aumentar esse limite?

Se você não criou e vinculou uma conta de faturamento ao projeto, as APIs da Plataforma Google Maps vão ficar limitadas a uma solicitação por dia. Se quiser usar uma cota maior, crie e vincule uma conta de faturamento. Para fazer isso, consulte o artigo Começar a usar a Plataforma Google Maps.

Depois de realizar essa etapa, o limite de cota diário será removido. No entanto, é possível definir um limite para evitar gastos inesperados no Console do Cloud.

Recebi um aviso de violação de faturamento. Como resolvo esse problema?

Você recebeu esse aviso porque o Google identificou que sua conta usa várias contas de faturamento. Essa é uma violação dos termos do Google, conforme definido na seção 3.2.4 dos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps. De acordo com eles, é proibido criar várias contas de faturamento. Para saber mais, consulte as Perguntas frequentes sobre violações da conta de faturamento.

Usar a Plataforma Google Maps

Que chaves ou credenciais devo usar para diferentes produtos da Plataforma Google Maps?

Sempre que você usa os produtos da Plataforma Google Maps, é necessário incluir uma chave de API para validar a solicitação. A Plataforma Google Maps está disponível para apps da Web, Android ou iOS pelos serviços HTTP da Web.

Chave da API:

  • Uma chave de API é um identificador exclusivo gerado usando o Console do Cloud.
  • Exemplo de carregamento de uma API com uma chave: &key=AIzaSyBjsINSH5x39Ks6c0_CoS1yr1Mb3cB3cVo

Assinatura digital:

  • A assinatura digital é gerada usando uma Chave secreta de assinatura do URL fornecida pelo Google. As assinaturas digitais são usadas com as APIs Maps Static e Street View Static.

Restrições:

  • A restrição das chaves de API é opcional, mas recomendamos que você restrinja todas elas para ter mais segurança. Consulte as práticas recomendadas de segurança de APIs para ver mais detalhes.
  • É possível adicionar uma restrição de app à chave de API. Depois de aplicar a restrição, a chave só funcionará em plataformas compatíveis com esse tipo de restrição. Quatro tipos de restrições de aplicativos estão disponíveis. As APIs que recebem o mesmo tipo de restrição podem usar a mesma chave restrita.
  • Também é possível adicionar uma restrição de API à chave. Para mais informações, consulte o artigo Acessar, adicionar e restringir uma chave de API.

A tabela abaixo indica a restrição de chaves/credenciais e de aplicativos para cada SDK/API da Plataforma Google Maps.

API/SDK Restrição de credenciais e aplicativos
SDK do Maps para Android Chave de API com restrição ao Android1
SDK do Places para Android Chave de API com restrição ao Android1
SDK do Maps para iOS Chave de API com restrição ao iOS1
SDK do Places para iOS Chave de API com restrição ao iOS1
API Maps JavaScript Chave de API com restrição ao referenciador de HTTP1
API Maps Static Chave de API com restrição ao referenciador de HTTP1 + assinatura digital2
API Street View Static Chave de API com restrição ao referenciador de HTTP1 + assinatura digital2
API Maps Embed Chave de API com restrição ao referenciador de HTTP1
API Address Validation Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Directions Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Distance Matrix Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Elevation Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Geocoding Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Geolocation Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Roads Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Time Zone Chave de API com restrição ao endereço IP1
API Places Chave de API com restrição ao endereço IP1
1 A restrição das chaves de API é opcional, mas recomendamos que você restrinja todas elas para ter mais segurança.
2 Dependendo do uso, pode ser necessária uma assinatura digital para a API Maps Static e para a API Street View Static. Seja qual for o uso, é recomendável utilizar uma chave de API e uma assinatura digital para autenticar suas solicitações.
Como altero o tipo de restrição da minha chave de um referenciador de HTTP para uma referência de endereço IP?

Importante: se você estiver usando uma das APIs de serviço da Web com uma chave de API que tenha restrições ao referenciador, suas solicitações não vão ser concluídas e vão apresentar a mensagem de erro: "Chaves de API não podem ter restrições de referenciador quando usadas com esta API". Você deve passar a usar uma chave de API com restrições ao endereço IP.

Antes de mudar o objeto da restrição do referenciador de HTTP para o endereço IP, verifique se todas as APIs que usam a chave aceitam esse tipo de restrição. As APIs com o mesmo tipo de restrição podem usar a mesma chave restrita. Se você precisar aplicar mais de uma restrição, adicione uma chave separada com a restrição necessária. Veja como adicionar uma nova chave de API.

Saiba mais sobre as restrições da chave de API associadas aos produtos da Plataforma Google Maps.

Para mudar o objeto da restrição do referenciador de HTTP para o endereço IP, faça o seguinte:

  1. Acesse a página Credenciais do Console do Cloud.
  2. Selecione o projeto que contém a API que você quer editar.
  3. Na página Credenciais, na lista de chaves de API, selecione o nome da chave para editar os detalhes dela.
  4. Na seção Restrição de chave da página, selecione "Endereços IP (servidores da Web, cron jobs etc.)", insira os endereços IP do servidor e clique em "Salvar".
Como faço para obter uma nova chave de API?
Consulte o artigo Como começar a usar a Plataforma Google Maps.
Como encontro as mudanças aplicadas a cada versão das APIs do Google Maps?

As informações sobre alterações de versão da maior parte das APIs do Maps estão disponíveis nos seguintes links:

Para saber em qual versão da Plataforma Google Maps determinado bug ocorreu e foi corrigido, use o Issue Tracker da Plataforma Google Maps em:

https://issuetracker.google.com/bookmark-groups/76561

Como posso carregar a API em uma página de forma assíncrona após o carregamento da página?

Basta especificar o parâmetro de retorno de chamada ao carregar a API. Veja mais informações e o exemplo de código no capítulo Primeiros passos da documentação da API Maps JavaScript.

Como posso exibir os produtos da Plataforma Google Maps em um idioma diferente do inglês?

Por padrão, a API vai tentar carregar o idioma mais adequado com base no local ou nas configurações do navegador do usuário. Algumas APIs permitem definir um idioma explicitamente quando você faz uma solicitação. Encontre mais informações sobre como definir o idioma na documentação de cada API:

Idiomas compatíveis:

O Google atualiza os idiomas compatíveis com frequência. A lista não é completa e está sujeita a alterações.

Código do idioma Idioma Código do idioma Idioma
af Africâner ja Japonês
sq Albanês kn Canarim
am Amárico kk Cazaque
ar Árabe km Khmer
hy Armênio ko Coreano
az Azerbaijano ky Quirguiz
eu Basco lo Laosiano
be Bielorrusso lv Letão
bn Bengali lt Lituano
bs Bósnio mk Macedônio
bg Búlgaro ms Malaio
my Birmanês ml Malaiala
ca Catalão mr Marati
zh Chinês mn Mongol
zh-CN Chinês (simplificado) ne Nepalês
zh-HK Chinês (Hong Kong) não Norueguês
zh-TW Chinês (tradicional) pl Polonês
h Croata pt Português
cs Tcheco pt-BR Português (Brasil)
da Dinamarquês pt-PT Português (Portugal)
nl Holandês pa Punjabi
en Inglês ro Romeno
en-AU Inglês (Austrália) ru Russo
en-GB Inglês (Reino Unido) sr Sérvio
et Estoniano si Cingalês
fa Farsi sk Eslovaco
fi Finlandês sl Esloveno
fil Filipino es Espanhol
fr Francês es-419 Espanhol (América Latina)
fr-CA Francês (Canadá) sw Suaíli
gl Galego sv Sueco
ka Georgiano ta Tâmil
de Alemão te Télugo
el Grego th Tailandês
gu Gujarati tr Turco
iw Hebraico uk Ucraniano
hi Hindi ur Urdu
hu Húngaro uz Usbeque
is Islandês vi Vietnamita
id Indonésio zu Zulu
it Italiano

Veja o mapa em um dos idiomas listados acima neste aplicativo de amostra.

A Plataforma Google Maps pode ser acessada por SSL (HTTPS)?

A API Maps JavaScript, a API Maps Static e as APIs de serviço da Web podem ser acessadas por conexões seguras (HTTPS). Consulte a documentação da API em questão para saber como acessá-la via SSL.

A API Maps Static não é compatível com URLs de ícone personalizado que usam HTTPS. Assim, o ícone padrão vai aparecer.

Como informo um bug ou solicito um novo recurso na Plataforma Google Maps?

Se você notar um comportamento que acredita ser um bug, o primeiro passo é levar o problema para o fórum relevante. Assim, outros desenvolvedores podem validar o bug e eliminar possíveis problemas com seu código.

Se você quer solicitar um elemento, primeiro leve-o para discussão no fórum relevante para confirmar se ainda não há uma solução satisfatória que atenda aos seus requisitos.

Depois de confirmar que você identificou um novo bug ou que seus requisitos não podem ser atendidos pela funcionalidade existente dos produtos da Plataforma Google Maps, informe seu bug ou sua solicitação de recurso usando o Issue Tracker da Plataforma Google Maps.

Antes de adicionar um bug ou uma solicitação de recurso ao Issue Tracker, verifique se o bug ou recurso em questão ainda não foi incluído. Se já tiver sido, marque o problema com uma estrela para registrar seu interesse e receber avisos sobre atualizações.

Como as APIs da Plataforma Google Maps usam cookies do site?

Os SDKs do Maps para Android e iOS usam cookies sujeitos à Política de Privacidade do Google, como para calcular usuários ativos por dia e nos últimos 7 dias e prevenir abuso de serviços. Esses cookies não estão associados a nenhuma Conta do Google conectada e não são registrados com o restante das informações coletadas das chamadas de API.

Não consigo encontrar a resposta para a minha pergunta. Com quem devo entrar em contato?

A equipe de relações com o desenvolvedor do Google está presente no Stack Overflow, um site de perguntas e respostas editado colaborativamente para programadores. É uma ótima opção para fazer perguntas técnicas sobre desenvolvimento e manutenção de aplicativos do Google Maps. Mais informações sobre como fazer perguntas no Stack Overflow estão disponíveis na página de Suporte.

Para melhores resultados ao solicitar ajuda, use estas dicas:

  • Pesquise nas discussões atuais. Provavelmente, outra pessoa já teve algum problema semelhante e descobriu como corrigi-lo.
  • Envie um link para seu site, se possível. Poste snippets de código somente se o código não puder ser visto facilmente on-line.
  • Forneça todas as informações relevantes, incluindo versões do navegador, erros e todos os outros fatos que podem ser úteis para solucionar esse problema.

Erros e solução de problemas

O que esse erro significa?

Se você encontrar um erro ao carregar ou executar as APIs do Google Maps, consulte os links a seguir para encontrar explicações dos códigos de erro:

Meus mapas aparecem mais escuros do que o normal. O que está acontecendo?

Em algumas situações, um mapa escuro ou uma imagem "negativa" do Street View pode aparecer com a marca d'água "somente para fins de desenvolvimento". Normalmente, esse comportamento indica problemas com uma chave de API ou com o faturamento. Para usar os produtos da Plataforma Google Maps, é necessário ter uma conta de faturamento e todas as solicitações precisam incluir uma chave de API válida. O fluxo a seguir ajudará a resolver esse problema:


Como resolver os códigos de erro OVER_DAILY_LIMIT ou OVER_QUERY_LIMIT?
Esses códigos de erro podem ser retornados por qualquer um dos seguintes motivos:
  • Está faltando uma chave de API na solicitação.
  • A chave de API fornecida é inválida.
  • O projeto não tem uma conta de faturamento vinculada.
  • Um limite de uso definido pelo próprio usuário foi excedido.
  • A forma de pagamento fornecida não é mais válida (por exemplo, o cartão de crédito expirou).
  • Você excedeu os limites de QPS de determinada API.

Para usar os produtos da Plataforma Google Maps, é necessário ter uma conta de faturamento e todas as solicitações precisam incluir uma chave de API válida. Para corrigir isso, siga estas etapas:

Como resolver os códigos de erro kGMSPlacesRateLimitExceeded ou 9005 PLACES_API_RATE_LIMIT_EXCEEDED?
Se você estiver recebendo kGMSPlacesRateLimitExceeded ou 9005 PLACES_API_RATE_LIMIT_EXCEEDED, é possível que esteja usando uma versão obsoleta do SDK do Places para Android ou para iOS. Saiba mais e acesse os novos SDKs em https://goo.gle/places-sdk-deprecation.
Como resolver o erro "Este IP, site ou aplicativo para dispositivos móveis não está autorizado a usar esta chave de API"?

Existem diversos cenários que podem causar esse erro:

  • Você ativou restrições de endereço IP (servidor) na chave de API, e um endereço IP não autorizado está tentando enviar uma solicitação.
  • Você ativou restrições de referenciador de HTTP (site) na chave de API, e um referenciador não autorizado está tentando enviar uma solicitação.
  • Você definiu um nome de pacote e uma impressão digital para restringir o uso aos apps Android, e um aplicativo Android não autorizado está tentando enviar uma solicitação.
  • Você especificou identificadores de pacote para restringir solicitações originadas de apps iOS, e um app iOS não reconhecido está tentando enviar uma solicitação.
  • Era possível receber esse erro se você usasse alguma API de serviço da Web com uma chave de API que tem restrições ao referenciador de HTTP. As solicitações para essas APIs precisam ser identificadas com uma chave de API com restrições ao endereço IP. Mude o objeto da restrição da sua chave do referenciador de HTTP para o endereço IP. Para mais informações sobre como restringir chaves de API, consulte o artigo Práticas recomendadas de chaves de API.

Visualizar e editar suas credenciais de chave de API

Para visualizar as chaves de API e gerenciar as restrições, faça o seguinte:

  1. Acesse a página "Credenciais" do Console do Cloud.
  2. Selecione o projeto que contém a chave de API que você quer verificar.
  3. Para visualizar as informações de credenciais, incluindo as restrições definidas para a chave, clique no nome da chave na lista de chaves de API.
  4. As credenciais completas da chave de API selecionada serão exibidas, incluindo as restrições definidas para a chave. Aqui, as restrições podem ser alteradas, excluídas ou atualizadas.
Como resolver o erro "Não é possível usar chaves com restrições do referenciador nesta API"?

Você está usando uma das APIs de serviço da Web com uma chave de API restrita a um referenciador de HTTP. Por motivos de segurança, as APIs de serviços da Web precisam usar chaves de API restritas a endereços IP. Mude o objeto da restrição da sua chave do referenciador de HTTP para o endereço IP ou crie uma nova chave de API se a atual já estiver sendo usada com a API Maps JavaScript.

Serviços da Plataforma Google Maps

Preciso converter endereços em pares de latitude/longitude. Posso fazer isso com a Plataforma Google Maps?

Sim, esse processo é chamado de "geocodificação". A API Maps JavaScript inclui uma classe para executar um serviço de geocodificação. A classe é google.maps.Geocoder.

Como alternativa, o Google também fornece a API Geocoding, que oferece uma interface REST que responde nos formatos JSON e XML.

Em que países a geocodificação está disponível?

Para ver os países atualmente compatíveis com os geocodificadores da Plataforma Google Maps, consulte os dados de cobertura do Google Maps.

A precisão dos locais geocodificados pode variar de acordo com o país. Sendo assim, considere a possibilidade de usar o campo location_type retornado para determinar se uma correspondência satisfatória foi encontrada para a finalidade do seu aplicativo. A disponibilidade dos dados de geocodificação depende dos nossos contatos com provedores de dados, portanto, ela está sujeita a mudanças.

Por que os geocodificadores da Plataforma Google Maps fornecem localizações diferentes do Google Maps?

Às vezes, o geocodificador da API e o codificador do Google Maps usam diferentes conjuntos de dados (dependendo do país). O geocodificador da API é atualizado ocasionalmente com novos dados. Sendo assim, provavelmente você vai notar alterações ou melhorias nos resultados com o tempo.

Como devo formatar minhas consultas do geocodificador para aumentar o número de solicitações bem-sucedidas?

Um geocodificador é criado para mapear endereços de acordo com coordenadas geográficas. Portanto, recomendamos que você formate as solicitações do geocodificador de acordo com as diretrizes a seguir para aumentar a probabilidade de uma consulta bem-sucedida:

  • Especifique os endereços de acordo com o formato usado pelo serviço postal nacional do país em questão.
  • Não especifique outros elementos de endereço, como nomes de empresas, números de unidade, números de andar ou de conjunto, que não estejam inclusos no endereço, conforme definido pelo serviço postal do país em questão. Esse processo pode gerar respostas com ZERO_RESULTS.
  • Formate os plus codes conforme mostrado aqui (os sinais de adição têm escape de URL para %2B e os espaços, para %20):
    • O código global é um código de área com quatro caracteres e um código local com, pelo menos, seis caracteres (849VCWC8+R9 é 849VCWC8%2BR9).
    • O código composto é um código local com, pelo menos, seis caracteres e um local explícito (CWC8+R9 Mountain View, CA, EUA é CWC8%2BR9%20Mountain%20View%20CA%20USA).
  • Use o número da rua de um local em vez do nome de um edifício, quando possível.
  • Use o endereço com número em vez de especificar cruzamentos de ruas, quando possível.
  • Não forneça "dicas", tais como pontos de referência nas proximidades.
Como devo formatar um endereço dos EUA em uma via numerada para geocodificação?

O geocodificador da Plataforma Google Maps requer que as estradas numeradas dos EUA sejam especificadas em endereços da seguinte maneira:

  • Estradas municipais: "Co Road NNN", em que NNN é o número da rua. Por exemplo, "Co Road 82"
  • Rodovias estaduais: "State NNN", em que State é o nome completo do estado e NNN é o número da rodovia. Por exemplo: "California 82"
  • Estradas americanas: "U.S. NNN", em que NNN é o número da estrada. Por exemplo: "U.S. 101"
  • Interstates dos EUA: "Interstate NNN", em que NNN é o número da interestadual. Por exemplo: "Interstate 280"
Quando devo usar a classe do geocodificador da API e quando devo usar o serviço de geocodificação HTTP?

Consulte o documento Estratégias de geocodificação, que detalha as vantagens e desvantagens das diferentes estratégias de geocodificação.

Como posso disponibilizar rotas de carro com a Plataforma Google Maps?

A API Directions permite disponibilizar rotas de carro para viagens de um ou vários trechos. As opções de trajeto ajudam você a definir rotas com um modo de viagem (dirigindo), um único trajeto ou um conjunto deles e restrições (sem vias com pedágio). O serviço está disponível nos seguintes formatos:

Que países têm rotas de carro disponíveis?

Para saber quais são os países que usam rotas de carro nos produtos da Plataforma Google Maps, consulte os dados de cobertura do Google Maps. A disponibilidade dos dados de rotas de carro depende dos nossos contatos com provedores de dados, portanto, ela está sujeita a mudanças.

Em quais países as rotas de transporte público estão disponíveis?

A API Directions e a API Distance Matrix são compatíveis com todos os parceiros do Google Transit, exceto os do Japão.

Quais recursos KML e GeoRSS são compatíveis com a API Maps JavaScript?

Com a classe KmlLayer da API Maps JavaScript, os desenvolvedores podem sobrepor arquivos KML/KMZ e GeoRSS na parte superior do mapa. Veja a documentação e alguns exemplos aqui.

Quais são os limites de tamanho e complexidade para mostrar um arquivo KML usando a classe KmlLayer da API Maps JavaScript?

Os limites de tamanho e complexidade para exibir um arquivo KML que usa a classe KmlLayer estão documentados aqui.

Como renderizo em um mapa arquivos KML hospedados em sites de uma intranet?

O objeto KmlLayer que gera sobreposições de KML na API Maps JavaScript usa um serviço hospedado pelo Google para recuperar e analisar arquivos KML para renderização. Por isso, não é possível mostrar arquivos KML que não estejam hospedados em um URL disponível para o público em geral ou que exija autenticação.

Se você precisar desenvolver aplicativos que usem arquivos KML hospedados em sites de uma intranet, renderize o KML no lado do cliente usando bibliotecas JavaScript de terceiros. Como o arquivo KML é analisado pelo navegador, a performance pode ser menor do que com o uso da classe KmlLayer.

Qual é o número máximo de marcadores ou vértices de caminho aceito pela API Maps Static?

Não há limite para o número de marcadores ou vértices de caminho aceito pela API Maps Static. Ao usar ícones personalizados, até cinco ícones exclusivos podem ser especificados por solicitação, mas cada um pode ser usado várias vezes no mapa.

Os URLs da API Maps Static podem conter no máximo 8.192 caracteres. Isso limita a quantidade de marcadores e vértices de caminho que podem ser especificados com base nas casas decimais usadas em cada par de latitude/longitude. Para informações sobre como o número de casas decimais se relaciona com a precisão no Google Earth, consulte o artigo da Wikipédia sobre Graus decimais.

Por que não consigo acessar os produtos da Plataforma Google Maps em determinados países?

Não é permitido usar as APIs do Maps nos territórios proibidos. Consulte também os Termos de Serviço.

Como informo um problema no mapa básico do Google?
Envie feedback pelo Google Maps sobre informações incorretas ou ausentes do mapa, como:
  • endereços errados ou marcadores posicionados incorretamente
  • nomes de vias incorretos
  • informação incorreta sobre vias de sentido único/mão dupla
  • via desenhada incorretamente
  • vias fechadas
  • vias que não existem

Para corrigir um lugar ou uma ficha de empresa, sugira uma edição.

Se o conteúdo do Maps precisar ser removido por motivos legais, envie uma solicitação oficial.

Para solicitações críticas ou urgentes, abra um caso de suporte com detalhes específicos sobre o que precisa ser corrigido.

Como o desempenho dos serviços usados com a API Maps JavaScript é monitorado?

Alguns recursos do lado do cliente são instrumentados para informar o sucesso ou falha com a finalidade de calcular o objetivo de nível de serviço (SLO). Essas informações são enviadas ao Google em maps.googleapis.com/maps_api_js_slo/log em chamadas que registram os dados de SLO e incluem o status de êxito, a latência e a versão/o canal da API Maps JavaScript em uso. As chamadas podem ser agrupadas com base na performance. Talvez você precise permitir maps.googleapis.com na sua Política de Segurança de Conteúdo para que essas chamadas não sejam bloqueadas no nível do navegador. Exemplo: Content-Security-Policy: default-src 'self' maps.googleapis.com; com cabeçalhos HTTP ou <meta http-equiv="Content-Security-Policy" content="default-src 'self' maps.googleapis.com;"> com metatags HTML.

API Maps JavaScript

Por quanto tempo a API Maps JavaScript funcionará depois de ser carregada?

Você precisa atualizar a página que carrega a API Maps JavaScript pelo menos uma vez a cada cinco dias.

SDK do Maps para iOS

No Xcode 12, os apps não são compilados corretamente para o simulador. Como posso resolver isso?

Para corrigir esse problema, abra as configurações de criação do seu projeto do Xcode e adicione arm64 a Excluded Architectures somente para versões do "simulador de iOS".

Se quiser mais informações, consulte a seguinte conversa do StackOverflow (em inglês).

Como soluciono o erro kGMSPlacesRateLimitExceeded?
Esse erro acontece quando é usada uma versão descontinuada do SDK do Places para iOS. A versão 2.7.0 desse SDK foi desativada e não está mais disponível. Atualize seu app para usar a versão mais recente o mais rápido possível. Para mais detalhes, consulte o Guia de migração.
Estou recebendo erros na depuração com um dispositivo iOS 8.x. O que devo fazer?

Se você tiver problemas na depuração com dispositivos que usam o iOS 8.x, faça o seguinte para desativar a captura de frames da GPU no esquema do XCode que está executando:

  1. No XCode, escolha Produto, Esquema, Gerenciar esquemas.
  2. Selecione um esquema e escolha Editar....
  3. Defina a opção Captura de frames da GPU como Desativado. Talvez essa opção não esteja disponível em todos os dispositivos.
Qual é o impacto das telas arredondadas e mais largas no SDK do Maps para iOS?

A partir do iPhone X, os iPhones têm um formato de tela com cantos arredondados, um entalhe na parte de cima para o sensor do dispositivo e um indicador na parte de baixo da tela para acessar a tela de Início. No SDK para iOS 11.0, a Apple adicionou a API Safe Area, que pode ser usada pelos desenvolvedores para posicionar elementos em uma área protegida pelo novo formato de tela.

O SDK do Maps para iOS tem muitos controles e elementos visuais, como um seletor interno e o link para informar um problema. Na versão 2.4, esses controles e elementos visuais podiam ser cortados pelo novo formato da tela. No modo paisagem, o seletor de pisos internos pode ser cortado pelo entalhe ou pelo indicador do botão de Início.

Com o SDK do Maps para iOS 2.5, esses problemas de layout são corrigidos automaticamente. Quando seu app é usado em um iPhone X ou uma versão mais recente, o padding no GMSMapView e no GMSPanoramaView é aumentado para que os elementos visuais não sejam cortados.

Sempre incluiremos o preenchimento por padrão. O SDK do Maps para iOS presume que o preenchimento precisa ser feito a partir da área de segurança. Se você criar a interface com todos os elementos posicionados na área segura, ela não terá problema algum.

Se você criou uma interface que não funciona com nosso ajuste padrão, lançamos uma nova propriedade para GMSMapView chamada paddingAdjustmentBehavior. Agora, o GMSMapView permite escolher um dos três comportamentos de ajustes de padding: "Sempre" (padrão), "Automático" e "Nunca".

Se o comportamento escolhido for "Sempre", o GMSMapView sempre fará o preenchimento área segura. Isso permite que você projete sua interface com o pressuposto de que toda o posicionamento seja feito dentro dos limites da área segura. Esse é o valor padrão.

Se o comportamento escolhido for "Automático", o GMSMapView sempre escolherá a maior opção, o preenchimento ou a área de segurança segura. Dessa forma, você pode preencher a partir da borda da tela ao mesmo tempo em que garante que todos os elementos permaneçam dentro da área segura.

Se o comportamento escolhido for "Nunca", o GMSMapView nunca vai adicionar as inserções da área segura ao preenchimento. Esse é o comportamento anterior à versão 2.5 e talvez seja útil se o padding já considerar a área segura ou se os outros comportamentos não funcionarem bem com a interface. Você é responsável por garantir que o logotipo do Google e as notificações de direitos autorais estejam sempre visíveis, conforme especificado nos Termos de Serviço da Plataforma Google Maps.

Por outro lado, o GMSPanoramaView não tem uma propriedade de padding opcional. Isso significa que não há padding para ajustar, e o GMSPanoramaView vai fazer sempre o padding necessário para que todos os elementos visuais estejam dentro da área segura.

SDK do Maps para Android

Como soluciono o erro 9005 PLACES_API_RATE_LIMIT_EXCEEDED?
Esse erro acontece quando é usada uma versão descontinuada do SDK do Places para Android. A versão do Google Play Services do SDK do Places para Android foi desativada e não está mais disponível. Atualize seu app para usar a versão mais recente o mais rápido possível. Para mais detalhes, consulte o Guia de migração.
Meu app mostra apenas blocos cinzas vazios em vez de um mapa. Como posso solucionar isso?

Um motivo comum são os problemas de autenticação. Siga as etapas abaixo para resolver esses problemas usando o adb logcat.

  1. Verifique se o adb está instalado. Caso contrário, consulte este guia.
  2. Instale o app que indica o problema em um dispositivo Android ou no Android Emulator. Se você usar o Android Emulator, confira se as configurações dele incluem a Play Store.
  3. No terminal do Android Studio, execute adb logcat -e "Google Maps Android API". Assim, somente linhas em que a mensagem de registro é "API Google Maps Android" vão ser impressas. Se preferir, é possível gerar o registro em um arquivo de texto anexando: > logcat.txt.
  4. Reproduza o problema no dispositivo e verifique se há erros comuns, como estes a seguir:
    • A chave de API errada/não intencional está sendo referenciada no manifesto.
    • O faturamento não está ativado no projeto.
    • O SDK não está ativado nas APIs do projeto.
    • A impressão digital SHA1 incorreta foi adicionada às restrições da chave de API.
    • As dependências do Google Play Services não estão incluídas no arquivo build.gradle.

Assinar URLs

Posso assinar URLs usando JavaScript?

Não recomendamos assinar URLs usando JavaScript, já que esse processo revelaria a Chave secreta de assinatura do URL aos usuários finais. Sendo assim, as assinaturas devem ser geradas exclusivamente por componentes do lado do servidor.

Por que recebo uma resposta HTTP 403 Acesso negado para as solicitações de serviço Web da API Maps?

Uma resposta HTTP 403 indica um problema de permissão, provavelmente porque não foi possível verificar a assinatura da solicitação em questão. Veja os possíveis motivos:

  1. Uma assinatura foi especificada, mas não é a correta para a solicitação.
  2. A solicitação especifica uma chave de API do Plano Premium da Plataforma Google Maps, mas não define uma assinatura, e o serviço que está sendo chamado requer que as solicitações feitas com uma chave de API incluam uma assinatura válida.
  3. Uma assinatura foi especificada, mas a chave de API associada do Plano Premium da Plataforma Google Maps não foi especificada.