Place Autocomplete

Selecione a plataforma: Android iOS JavaScript Serviço da Web

O serviço de preenchimento automático no SDK do Places para Android retorna previsões de lugares em resposta às consultas de pesquisa dos usuários. Enquanto a pessoa digita, o serviço de preenchimento automático retorna sugestões de lugares, como empresas, endereços, Plus Codes e pontos de interesse.

É possível adicionar o preenchimento automático no aplicativo das seguintes formas:

Adicionar um widget de preenchimento automático

O widget de preenchimento automático é uma caixa de diálogo de pesquisa com o recurso integrado. À medida que o usuário digita termos de pesquisa, o widget apresenta uma lista de lugares previstos para escolher. Quando o usuário faz uma seleção, uma instância de Place é retornada, que o app pode usar para ver detalhes sobre o lugar selecionado.

Há duas opções para se adicionar o widget de preenchimento automático ao seu aplicativo:

Opção 1: incorporar um AutocompleteSupportFragment

Para adicionar um AutocompleteSupportFragment ao app, siga estas etapas:

  1. Adicione um fragmento ao layout XML da atividade.
  2. Adicione um listener à atividade ou ao fragmento.

Adicionar AutocompleteSupportFragment a uma atividade

Para adicionar AutocompleteSupportFragment a uma atividade, adicione um novo fragmento a um layout XML. Exemplo:

<fragment android:id="@+id/autocomplete_fragment"
  android:layout_width="match_parent"
  android:layout_height="wrap_content"
  android:name="com.google.android.libraries.places.widget.AutocompleteSupportFragment"
  />
  • Por padrão, o fragmento não tem borda nem plano de fundo. Para ter uma aparência visual consistente, aninhe o fragmento em outro elemento de layout, como uma CardView.
  • Se você estiver usando o fragmento de preenchimento automático e precisar substituir onActivityResult, chame super.onActivityResult. Caso contrário, o fragmento não funcionará corretamente.

Adicionar um PlaceSelectionListener a uma atividade

O PlaceSelectionListener processa o retorno de um lugar em resposta à seleção do usuário. O código a seguir mostra como criar uma referência ao fragmento e adicionar um listener ao AutocompleteSupportFragment:

Java


    // Initialize the AutocompleteSupportFragment.
    AutocompleteSupportFragment autocompleteFragment = (AutocompleteSupportFragment)
            getSupportFragmentManager().findFragmentById(R.id.autocomplete_fragment);

    // Specify the types of place data to return.
    autocompleteFragment.setPlaceFields(Arrays.asList(Place.Field.ID, Place.Field.NAME));

    // Set up a PlaceSelectionListener to handle the response.
    autocompleteFragment.setOnPlaceSelectedListener(new PlaceSelectionListener() {
        @Override
        public void onPlaceSelected(@NonNull Place place) {
            // TODO: Get info about the selected place.
            Log.i(TAG, "Place: " + place.getName() + ", " + place.getId());
        }


        @Override
        public void onError(@NonNull Status status) {
            // TODO: Handle the error.
            Log.i(TAG, "An error occurred: " + status);
        }
    });

      

Kotlin


    // Initialize the AutocompleteSupportFragment.
    val autocompleteFragment =
        supportFragmentManager.findFragmentById(R.id.autocomplete_fragment)
                as AutocompleteSupportFragment

    // Specify the types of place data to return.
    autocompleteFragment.setPlaceFields(listOf(Place.Field.ID, Place.Field.NAME))

    // Set up a PlaceSelectionListener to handle the response.
    autocompleteFragment.setOnPlaceSelectedListener(object : PlaceSelectionListener {
        override fun onPlaceSelected(place: Place) {
            // TODO: Get info about the selected place.
            Log.i(TAG, "Place: ${place.name}, ${place.id}")
        }

        override fun onError(status: Status) {
            // TODO: Handle the error.
            Log.i(TAG, "An error occurred: $status")
        }
    })

      

Opção 2: usar uma intent para iniciar a atividade de preenchimento automático

Se você quiser que seu app use um fluxo de navegação diferente (por exemplo, para acionar a experiência de preenchimento automático em um ícone em vez de um campo de pesquisa), ele pode iniciar o preenchimento automático usando uma intent.

Para inicializar o widget de preenchimento automático usando um intent, faça o seguinte:

  1. Use Autocomplete.IntentBuilder para criar uma intent, transmitindo o modo Autocomplete desejado.
  2. Defina um inicializador de resultados de atividades registerForActivityResult que possa ser usado para iniciar a intent e processar a previsão de lugar selecionada pelo usuário no resultado.

Criar uma intent de preenchimento automático

O exemplo abaixo usa Autocomplete.IntentBuilder para criar uma intent a fim de iniciar o widget de preenchimento automático como uma intent:

Java



    // Set the fields to specify which types of place data to
    // return after the user has made a selection.
    List<Place.Field> fields = Arrays.asList(Place.Field.ID, Place.Field.NAME);

    // Start the autocomplete intent.
    Intent intent = new Autocomplete.IntentBuilder(AutocompleteActivityMode.FULLSCREEN, fields)
            .build(this);
    startAutocomplete.launch(intent);

      

Kotlin



    // Set the fields to specify which types of place data to
    // return after the user has made a selection.
    val fields = listOf(Place.Field.ID, Place.Field.NAME)

    // Start the autocomplete intent.
    val intent = Autocomplete.IntentBuilder(AutocompleteActivityMode.FULLSCREEN, fields)
        .build(this)
    startAutocomplete.launch(intent)

      

Ao usar uma intent para iniciar o widget de preenchimento automático, você pode escolher entre os modos de sobreposição ou exibição em tela cheia. As capturas de tela abaixo mostram cada modo de exibição:

Quando exibido no modo de sobreposição, o widget de preenchimento automático aparece sobreposto à IU de chamada.
Figura 1: widget de preenchimento automático no modo SOBREPOSIÇÃO
Quando exibido no modo de tela cheia, o widget de preenchimento automático preenche toda a tela.
Figura 2: widget de preenchimento automático no modo FULLSCREEN

Registrar um callback para o resultado da intent

Para receber uma notificação quando o usuário selecionar um lugar, defina uma tela de início registerForActivityResult(), que inicia a atividade e processa o resultado, como mostrado no exemplo a seguir. Se o usuário selecionou uma previsão, ela será entregue na intent contida no objeto de resultado. Como a intent foi criada pelo Autocomplete.IntentBuilder, o método Autocomplete.getPlaceFromIntent() pode extrair dela o objeto do Place.

Java


private final ActivityResultLauncher<Intent> startAutocomplete = registerForActivityResult(
        new ActivityResultContracts.StartActivityForResult(),
        result -> {
            if (result.getResultCode() == Activity.RESULT_OK) {
                Intent intent = result.getData();
                if (intent != null) {
                    Place place = Autocomplete.getPlaceFromIntent(intent);
                    Log.i(TAG, "Place: ${place.getName()}, ${place.getId()}");
                }
            } else if (result.getResultCode() == Activity.RESULT_CANCELED) {
                // The user canceled the operation.
                Log.i(TAG, "User canceled autocomplete");
            }
        });

      

Kotlin


private val startAutocomplete =
    registerForActivityResult(ActivityResultContracts.StartActivityForResult()) { result: ActivityResult ->
        if (result.resultCode == Activity.RESULT_OK) {
            val intent = result.data
            if (intent != null) {
                val place = Autocomplete.getPlaceFromIntent(intent)
                Log.i(
                    TAG, "Place: ${place.name}, ${place.id}"
                )
            }
        } else if (result.resultCode == Activity.RESULT_CANCELED) {
            // The user canceled the operation.
            Log.i(TAG, "User canceled autocomplete")
        }
    }

      

Receber previsões de locais de maneira programática

É possível criar uma IU de pesquisa personalizada como alternativa à IU fornecida pelo widget de preenchimento automático. Para fazer isso, seu app precisa receber previsões de locais de maneira programática. Seu app pode receber uma lista de sugestões de nomes e/ou endereços de lugares usando a API Autocomplete. Basta chamar PlacesClient.findAutocompletePredictions() e transmitir um objeto FindAutocompletePredictionsRequest com os seguintes parâmetros:

  • Obrigatório:uma string query contendo o texto digitado pelo usuário.
  • Recomendado:um AutocompleteSessionToken, que agrupa as fases de consulta e seleção de uma pesquisa de usuário em uma sessão discreta para fins de faturamento. A sessão começa quando a pessoa começa a digitar uma consulta e termina quando seleciona um lugar.
  • Recomendado:um objeto RectangularBounds, que especifica limites de latitude e longitude para restringir os resultados à região especificada.
  • Opcional:um ou mais códigos de país de duas letras (ISO 3166-1 Alfa-2), indicando os países aos quais os resultados serão restritos.
  • Opcional:um TypeFilter, que pode ser usado para restringir os resultados ao tipo de lugar especificado. Os seguintes tipos de lugar são aceitos:

    • TypeFilter.GEOCODE: retorna apenas resultados de geocodificação, não empresas. Use essa solicitação para remover a ambiguidade de resultados em que o local especificado é indeterminado.
    • TypeFilter.ADDRESS: retorna apenas resultados de preenchimento automático com um endereço exato. Use esse tipo quando souber que o usuário está procurando um endereço totalmente especificado.
    • TypeFilter.ESTABLISHMENT: retorna apenas lugares que são empresas.
    • TypeFilter.REGIONS: retorna apenas lugares que correspondem a um dos seguintes tipos:

    • LOCALITY

    • SUBLOCALITY

    • POSTAL_CODE

    • COUNTRY

    • ADMINISTRATIVE_AREA_LEVEL_1

    • ADMINISTRATIVE_AREA_LEVEL_2

    • TypeFilter.CITIES: retorna apenas resultados correspondentes a LOCALITY ou ADMINISTRATIVE_AREA_LEVEL_3.

  • Opcional:um LatLng especificando o local de origem da solicitação. Quando você chama setOrigin(), o serviço retorna a distância em metros (distanceMeters) a partir da origem especificada para cada previsão de preenchimento automático na resposta.

Para informações sobre tipos de lugar, consulte o guia sobre tipos de lugar.

O exemplo abaixo mostra uma chamada completa para PlacesClient.findAutocompletePredictions().

Java


    // Create a new token for the autocomplete session. Pass this to FindAutocompletePredictionsRequest,
    // and once again when the user makes a selection (for example when calling fetchPlace()).
    AutocompleteSessionToken token = AutocompleteSessionToken.newInstance();

    // Create a RectangularBounds object.
    RectangularBounds bounds = RectangularBounds.newInstance(
            new LatLng(-33.880490, 151.184363),
            new LatLng(-33.858754, 151.229596));
    // Use the builder to create a FindAutocompletePredictionsRequest.
    FindAutocompletePredictionsRequest request = FindAutocompletePredictionsRequest.builder()
            // Call either setLocationBias() OR setLocationRestriction().
            .setLocationBias(bounds)
            //.setLocationRestriction(bounds)
            .setOrigin(new LatLng(-33.8749937, 151.2041382))
            .setCountries("AU", "NZ")
            .setTypesFilter(Arrays.asList(PlaceTypes.ADDRESS))
            .setSessionToken(token)
            .setQuery(query)
            .build();

    placesClient.findAutocompletePredictions(request).addOnSuccessListener((response) -> {
        for (AutocompletePrediction prediction : response.getAutocompletePredictions()) {
            Log.i(TAG, prediction.getPlaceId());
            Log.i(TAG, prediction.getPrimaryText(null).toString());
        }
    }).addOnFailureListener((exception) -> {
        if (exception instanceof ApiException) {
            ApiException apiException = (ApiException) exception;
            Log.e(TAG, "Place not found: " + apiException.getStatusCode());
        }
    });

      

Kotlin


    // Create a new token for the autocomplete session. Pass this to FindAutocompletePredictionsRequest,
    // and once again when the user makes a selection (for example when calling fetchPlace()).
    val token = AutocompleteSessionToken.newInstance()

    // Create a RectangularBounds object.
    val bounds = RectangularBounds.newInstance(
        LatLng(-33.880490, 151.184363),
        LatLng(-33.858754, 151.229596)
    )
    // Use the builder to create a FindAutocompletePredictionsRequest.
    val request =
        FindAutocompletePredictionsRequest.builder()
            // Call either setLocationBias() OR setLocationRestriction().
            .setLocationBias(bounds)
            //.setLocationRestriction(bounds)
            .setOrigin(LatLng(-33.8749937, 151.2041382))
            .setCountries("AU", "NZ")
            .setTypesFilter(listOf(PlaceTypes.ADDRESS))
            .setSessionToken(token)
            .setQuery(query)
            .build()
    placesClient.findAutocompletePredictions(request)
        .addOnSuccessListener { response: FindAutocompletePredictionsResponse ->
            for (prediction in response.autocompletePredictions) {
                Log.i(TAG, prediction.placeId)
                Log.i(TAG, prediction.getPrimaryText(null).toString())
            }
        }.addOnFailureListener { exception: Exception? ->
            if (exception is ApiException) {
                Log.e(TAG, "Place not found: ${exception.statusCode}")
            }
        }

      

A API retorna um FindAutocompletePredictionsResponse em uma Task. O FindAutocompletePredictionsResponse contém uma lista de objetos AutocompletePrediction que representam lugares previstos. A lista poderá ficar vazia se não houver um lugar conhecido correspondente à consulta e aos critérios de filtro.

Para cada local previsto, você pode chamar os seguintes métodos para recuperar detalhes do lugar:

  • getFullText(CharacterStyle) retorna o texto completo de uma descrição de lugar. Essa é uma combinação dos textos principal e secundário. Exemplo: "Torre Eiffel, Avenue Anatole France, Paris, França". Além disso, esse método permite destacar as seções da descrição que correspondem à pesquisa com um estilo de sua escolha usando CharacterStyle. O parâmetro CharacterStyle é opcional. Defina-o como nulo se você não precisar do destaque.
  • getPrimaryText(CharacterStyle) retorna o texto principal que descreve um lugar. Geralmente é o nome do lugar. Exemplos: "Torre Eiffel" e "123 Pitt Street".
  • getSecondaryText(CharacterStyle) retorna o texto de subsidiária de uma descrição de lugar. Isso é útil, por exemplo, como uma segunda linha ao mostrar previsões de preenchimento automático. Exemplos: "A Avenue Anatole France, Paris, França" e "Sydney, Nova Gales do Sul".
  • getPlaceId() retorna o ID do lugar previsto. O ID de lugar é um identificador textual que determina um local de forma exclusiva, que pode ser usado para recuperar o objeto Place mais tarde. Para mais informações sobre IDs de lugares no SDK do Places para Android, consulte Place Details. Para informações gerais sobre IDs de lugar, consulte a Visão geral dos IDs de lugar.
  • getPlaceTypes() retorna a lista de tipos de lugar associados a esse lugar.
  • getDistanceMeters() retorna a distância em linha reta em metros entre esse lugar e a origem especificada na solicitação.

Tokens de sessão

Os tokens de sessão agrupam as fases de consulta e seleção de uma pesquisa de preenchimento automático do usuário em uma sessão discreta para fins de faturamento. A sessão começa quando a pessoa começa a digitar uma consulta e termina quando seleciona um lugar. Cada sessão pode ter várias consultas, seguidas por uma seleção de lugar. Depois que uma sessão é concluída, o token perde a validade, e seu aplicativo precisa gerar um novo token para cada sessão. Recomendamos o uso de tokens de sessão para todas as sessões de preenchimento automático programático. Quando você incorpora um fragmento ou inicia o preenchimento automático usando uma intent, a API cuida disso automaticamente.

O SDK do Places para Android usa um AutocompleteSessionToken para identificar cada sessão. O app precisa transmitir um novo token de sessão ao iniciar cada nova sessão. Em seguida, o app precisa transmitir esse mesmo token com um ID de lugar na chamada seguinte para fetchPlace() a fim de recuperar o Place Details do local que foi selecionado pelo usuário.

Saiba mais sobre tokens de sessão.

Restringir resultados de preenchimento automático

É possível restringir os resultados do preenchimento automático a uma região geográfica específica e/ou filtrá-los para um ou mais tipos de lugares ou até cinco países. Essas restrições podem ser aplicadas à atividade de preenchimento automático, AutocompleteSupportFragment e às APIs de preenchimento automático programático.

Para restringir os resultados, faça o seguinte:

  • Para dar preferência a resultados dentro da região definida, chame setLocationBias(). Alguns resultados de fora da região definida ainda podem ser retornados.
  • Para mostrar apenas os resultados dentro da região definida, chame setLocationRestriction(). Somente os resultados dentro da região definida serão retornados.
  • Para retornar apenas resultados de acordo com um tipo de lugar específico, chame setTypesFilter(). Por exemplo, especificar TypeFilter.ADDRESS retornará apenas resultados com um endereço preciso.
  • Para retornar somente resultados em até cinco países especificados, chame setCountries(). Os países precisam ser transmitidos como um código de país de dois caracteres compatível com ISO 3166-1 Alfa-2.

Polarizar os resultados a uma região específica

Para direcionar os resultados do preenchimento automático a uma região geográfica específica, chame setLocationBias(), transmitindo um RectangularBounds. O exemplo de código a seguir mostra como chamar setLocationBias() em uma instância de fragmento para direcionar as sugestões de preenchimento automático a uma região de Sydney, Austrália.

Java


    autocompleteFragment.setLocationBias(RectangularBounds.newInstance(
            new LatLng(-33.880490, 151.184363),
            new LatLng(-33.858754, 151.229596)));

      

Kotlin


    autocompleteFragment.setLocationBias(
        RectangularBounds.newInstance(
            LatLng(-33.880490, 151.184363),
            LatLng(-33.858754, 151.229596)
        )
    )

      

Restringir os resultados a uma região específica

Para restringir os resultados do preenchimento automático a uma região geográfica específica, chame setLocationRestriction(), transmitindo um RectangularBounds. O exemplo de código a seguir mostra como chamar setLocationRestriction() em uma instância de fragmento para direcionar as sugestões de preenchimento automático a uma região de Sydney, na Austrália.

Java


    autocompleteFragment.setLocationRestriction(RectangularBounds.newInstance(
            new LatLng(-33.880490, 151.184363),
            new LatLng(-33.858754, 151.229596)));

      

Kotlin


    autocompleteFragment.setLocationRestriction(
        RectangularBounds.newInstance(
            LatLng(-33.880490, 151.184363),
            LatLng(-33.858754, 151.229596)
        )
    )

      

Observação:essa restrição se aplica apenas a rotas inteiras. Resultados sintéticos localizados fora dos limites retangulares podem ser retornados com base em um trajeto que se sobreponha à restrição de local.

Filtrar resultados por tipo de lugar ou coleção de tipos

Você pode restringir os resultados de uma solicitação de preenchimento automático para que eles retornem apenas um determinado tipo de lugar. Especifique um filtro usando os tipos de lugar ou uma coleção de tipos listada nas Tabelas 1, 2 e 3 em Tipos de lugar. Se nada for especificado, todos os tipos serão retornados.

Para filtrar os resultados do preenchimento automático, chame setTypesFilter() para definir o filtro.

Para especificar um filtro de coleção de tipos:

  • Chame setTypesFilter() e especifique até cinco valores de type das Tabelas 1 e 2 mostradas nos Tipos de lugar. Os valores de tipo são definidos pelas constantes em PlaceTypes.

  • Chame setTypesFilter() e especifique uma coleção de tipos da Tabela 3 mostrada em Tipos de lugar. Os valores de coleção são definidos pelas constantes em PlaceTypes.

    Somente um tipo da Tabela 3 é permitido na solicitação. Se você especificar um valor na Tabela 3, não será possível fazer isso na Tabela 1 ou na 2. Se você fizer isso, um erro vai ocorrer.

O exemplo de código abaixo chama setTypesFilter() em uma AutocompleteSupportFragment e especifica vários valores de tipo.

Java


    autocompleteFragment.setTypesFilter(Arrays.asList("landmark", "restaurant", "store"));

      

Kotlin


    autocompleteFragment.setTypesFilter(listOf("landmark", "restaurant", "store"))

      

O exemplo de código a seguir mostra como chamar setTypesFilter() em uma AutocompleteSupportFragment para definir um filtro que retorne apenas resultados com um endereço exato, especificando uma coleção de tipos.

Java


    autocompleteFragment.setTypesFilter(Arrays.asList(PlaceTypes.ADDRESS, PlaceTypes.ESTABLISHMENT));

      

Kotlin


    autocompleteFragment.setTypesFilter(listOf(PlaceTypes.ADDRESS))

      

O exemplo de código a seguir mostra como chamar setTypesFilter() em um IntentBuilder para definir um filtro que retorne apenas resultados com um endereço preciso, especificando uma coleção de tipos.

Java


    Intent intent = new Autocomplete.IntentBuilder(
            AutocompleteActivityMode.FULLSCREEN, fields)
            .setTypesFilter(Arrays.asList(PlaceTypes.ADDRESS))
            .build(this);

      

Kotlin


    val intent = Autocomplete.IntentBuilder(AutocompleteActivityMode.FULLSCREEN, fields)
        .setTypesFilter(listOf(PlaceTypes.ADDRESS))
        .build(this)

      

Filtrar resultados por país

Para filtrar os resultados do preenchimento automático para até cinco países, chame setCountries() para definir o código do país. Em seguida, passe o filtro a um fragmento ou intent. Os países precisam ser transmitidos como um código de país compatível com ISO 3166-1 Alfa-2 de dois caracteres.

O exemplo de código a seguir mostra a chamada de setCountries() em um AutocompleteSupportFragment para definir um filtro que retorne apenas resultados nos países especificados.

Java


    autocompleteFragment.setCountries("AU", "NZ");

      

Kotlin


    autocompleteFragment.setCountries("AU", "NZ")

      

Limites de uso

O uso da API Places, incluindo o SDK do Places para Android, não está mais limitado a um número máximo de solicitações por dia (QPD, na sigla em inglês). No entanto, os limites de uso abaixo ainda se aplicam:

  • O limite de taxa é de 6.000 QPM (solicitações por minuto). Ele é calculado como a soma das solicitações do lado do cliente e do servidor para todos os aplicativos usando as credenciais do mesmo projeto.

Exibir atribuições no seu aplicativo

  • Se o app usa o serviço de preenchimento automático de maneira programática, a IU precisa mostrar uma atribuição "Powered by Google" ou aparecer em um mapa com a marca do Google.
  • Se seu app usa o widget de preenchimento automático, nenhuma outra ação é necessária. A atribuição necessária é exibida por padrão.
  • Se você recuperar e mostrar mais informações sobre o lugar depois de acessar um lugar por ID, também vai precisar mostrar atribuições de terceiros.

Para mais detalhes, consulte a documentação sobre atribuições.

Otimização do Place Autocomplete

Esta seção descreve as práticas recomendadas para você aproveitar ao máximo o serviço Place Autocomplete.

Aqui estão algumas diretrizes gerais:

  • A maneira mais rápida de desenvolver uma interface do usuário funcional é usar o widget do Autocomplete da API Maps JavaScript, o widget do Autocomplete do SDK do Places para Android ou Controle de IU do Autocomplete do SDK do Places para iOS.
  • Entender os campos de dados essenciais do Place Autocomplete desde o início.
  • Os campos de direcionamento de local e restrição de local são opcionais, mas podem afetar bastante a performance do preenchimento automático.
  • Use o tratamento de erros para garantir que o aplicativo faça uma degradação simples se a API retornar um erro.
  • Verifique se o app continua funcionando quando não há seleção e que oferece às pessoas uma maneira de continuar.

Práticas recomendadas de otimização de custos

Otimização básica de custos

Para otimizar o custo do uso do serviço Place Autocomplete, use máscaras de campo nos widgets Place Details e Place Autocomplete para retornar apenas os campos de dados de lugar necessários.

Otimização avançada de custos

Faça a implementação programática do Place Autocomplete para acessar preços por solicitação e pedir resultados da API Geocoding sobre o lugar selecionado em vez do Place Details. O preço por solicitação combinado com a API Geocoding vai ser mais econômico que o preço por sessão se as duas condições a seguir forem atendidas:

  • Se você só precisa da latitude/longitude ou do endereço do local selecionado pela pessoa, a API Geocoding fornece essas informações por menos do que uma chamada do Place Details.
  • Se os usuários selecionarem uma previsão de preenchimento automático em média com quatro solicitações desse tipo, o preço por solicitação poderá ser mais econômico que o custo por sessão.
Se quiser ajuda para escolher a implementação do Place Autocomplete de acordo com o que você precisa, selecione a guia correspondente à resposta à pergunta abaixo.

Seu aplicativo requer outras informações além do endereço e da latitude/longitude da previsão selecionada?

Sim, mais detalhes são necessários

Use o Place Autocomplete com base em sessões com o Place Details.
Como seu app exige detalhes do lugar, como nome, status comercial ou horário de funcionamento, a implementação do preenchimento automático precisa usar um token de sessão (de forma programática ou integrada aos widgets do JavaScript, Android ou iOS) a um total de US$ 0,017 por sessão, além de SKU de dados do Places relevantes, dependendo dos campos de dados de lugares que você solicita.1

Implementação do widget
O gerenciamento de sessões é integrado automaticamente aos widgets do JavaScript, Android ou iOS. Isso inclui as solicitações do Place Autocomplete e do Place Details na previsão selecionada. Especifique o parâmetro fields para garantir que você está pedindo apenas os campos de dados de lugares necessários.

Implementação programática
Use um token de sessão com suas solicitações do Place Autocomplete. Ao solicitar Place Details sobre a previsão selecionada, inclua os seguintes parâmetros:

  1. O ID de lugar da resposta do Place Autocomplete
  2. O token de sessão usado na solicitação do Place Autocomplete
  3. O parâmetro fields especificando os campos de dados de lugar necessários.

Não, apenas o endereço e o local são necessários

A API Geocoding pode ser uma opção mais econômica que o Place Details para seu aplicativo, dependendo da performance do Place Autocomplete. A eficiência do preenchimento automático de cada aplicativo varia de acordo com o que as pessoas inserem, onde o aplicativo está sendo usado e se as práticas recomendadas de otimização de performance foram seguidas.

Para responder à pergunta a seguir, analise quantos caracteres a pessoa digita em média antes de selecionar uma previsão do Place Autocomplete no seu aplicativo.

As pessoas selecionam, em média, uma previsão do Place Autocomplete em até quatro solicitações?

Sim

Implementar o Place Autocomplete de forma programática sem tokens de sessão e chamar a API Geocoding na previsão de lugar selecionada.
A API Geocoding oferece endereços e coordenadas de latitude/longitude por US$ 0,005 a cada solicitação. Fazer quatro solicitações de Place Autocomplete: por solicitação custa US$ 0,01132. Portanto, o custo total de quatro solicitações, além de uma chamada da API Geocoding sobre a previsão de lugar selecionada, é de US$ 0,01632, menor que o preço de preenchimento automático por sessão de US$ 0,017.1

Convém usar as práticas recomendadas de performance para ajudar as pessoas a conseguir a previsão que querem usando ainda menos caracteres.

Não

Use o Place Autocomplete com base em sessões com o Place Details.
Como a média de solicitações que você espera fazer antes de alguém selecionar uma previsão do Place Autocomplete é maior que o custo do preço por sessão, a implementação do Place Autocomplete precisa usar um token de sessão para as solicitações do Place Autocomplete e a respectiva solicitação do Place Details por um total de US$ 0,017 a cada sessão.1

Implementação do widget
O gerenciamento de sessões é integrado automaticamente aos widgets do JavaScript, Android ou iOS. Isso inclui as solicitações do Place Autocomplete e do Place Details na previsão selecionada. Especifique o parâmetro fields para garantir a solicitação apenas dos campos de dados básicos.

Implementação programática
Use um token de sessão com suas solicitações do Place Autocomplete. Ao solicitar Place Details sobre a previsão selecionada, inclua os seguintes parâmetros:

  1. O ID de lugar da resposta do Place Autocomplete
  2. O token de sessão usado na solicitação do Place Autocomplete
  3. O parâmetro fields que especifica campos de dados básicos como endereço e geometria

Considere atrasar as solicitações do Place Autocomplete
É possível adiar uma solicitação do Place Autocomplete até que a pessoa digite os três ou quatro primeiros caracteres, fazendo com que o aplicativo gere menos solicitações. Por exemplo, fazer solicitações do Place Autocomplete para cada caractere depois que o usuário digita o terceiro caractere significa que, se ele digitar 7 caracteres e selecionar uma previsão em que você fez uma solicitação da API Geocoding, o custo total vai ser de US$ 0,01632 (4 × US$ 0,00283 do Autocomplete por solicitação + US$ 0,005 do Geocoding).1

Se for possível usar o atraso de solicitações para deixar sua solicitação programática média abaixo de quatro, siga as orientações para ter uma performance eficiente no Place Autocomplete com a API Geocoding. Atrasar solicitações pode ser percebido como latência pelo usuário, que talvez queira ver previsões a cada vez que pressionar uma nova tecla.

Convém usar as práticas recomendadas de performance para ajudar as pessoas a conseguir a previsão que querem usando ainda menos caracteres.


  1. Os custos listados aqui estão em USD. Consulte a página Faturamento da Plataforma Google Maps para saber tudo sobre os preços.

Práticas recomendadas de performance

As diretrizes a seguir descrevem como otimizar a performance do Place Autocomplete:

  • Adicione restrições de país, direcionamento de local e preferência de idioma (para implementações programáticas) à implementação do Place Autocomplete. A preferência de idioma não é necessária com widgets porque eles usam o que está definido no navegador ou no dispositivo móvel do usuário.
  • Se o Place Autocomplete estiver acompanhado por um mapa, é possível direcionar o local por janela de visualização do mapa.
  • Quando a pessoa não escolhe uma das previsões do Autocomplete, geralmente porque nenhuma delas revisões é o endereço que ela quer, você pode reutilizar a entrada original para tentar receber resultados mais relevantes:
    • Se quiser que o usuário insira apenas informações de endereço, reutilize a entrada original dele em uma chamada para a API Geocoding.
    • Se quiser que o usuário insira consultas para um lugar específico por nome ou endereço, use uma solicitação do Find Place. Se os resultados forem esperados apenas em uma região específica, use o direcionamento de local.
    Outros cenários em que é melhor voltar para a API Geocoding são:
    • Usuários que inserem endereços de sublocal em países onde a compatibilidade do Place Autocomplete com esse tipo de endereço é parcial (como República Tcheca, Estônia e Lituânia). Por exemplo, o endereço tcheco "Stroupežnického 3191/17, Praha" gera uma previsão parcial no Place Autocomplete.
    • Usuários que digitam endereços com prefixos de trechos de via, como "23-30 29th St, Queens", na cidade de Nova York, ou "47-380 Kamehameha Hwy, Kaneohe", na ilha de Kauai, no Havaí.

Solução de problemas

Embora possa ocorrer uma grande variedade de erros, a maioria dos erros que seu app provavelmente apresenta é causada por erros de configuração (por exemplo, a chave de API incorreta foi usada ou foi configurada incorretamente) ou por erros de cotas, por exemplo, o app excedeu a cota. Consulte Limites de uso para mais informações sobre cotas.

Os erros que ocorrem durante o uso dos controles de preenchimento automático são retornados no callback onActivityResult(). Chame Autocomplete.getStatus() para receber a mensagem de status do resultado.