Inclusão de tags no servidor

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

A inclusão de tags no servidor permite mover a instrumentação da tag de medição do seu site ou app para um contêiner de processamento do lado do servidor no Google Cloud Platform (GCP) ou qualquer outra plataforma de sua escolha. A inclusão de tags no servidor oferece algumas vantagens em relação às tags no lado do cliente:

  • Melhor desempenho: com menos tags de medição no seu site ou app, haverá menos código para executar no lado do cliente.
  • Maior segurança: os dados dos visitantes ficam mais protegidos e seguros quando coletados e distribuídos em um ambiente do lado do servidor gerenciado pelo cliente. Os dados são enviados para uma instância de nuvem, onde são processados e encaminhados por outras tags.

Para iniciar a inclusão de tags no servidor, siga estas instruções:

  1. Crie um contêiner do servidor do Gerenciador de tags.
  2. Configure um servidor de tags do GCP.

Criar um contêiner do servidor do Gerenciador de tags

Para usar a inclusão de tags no servidor, siga estas etapas para criar um novo contêiner do servidor do Gerenciador de tags:

  1. Na sua conta do Gerenciador de tags, crie um novo contêiner.
    1. Clique em Contas > menu de mais ações ao lado do nome da conta relevante.
    2. Escolha Criar contêiner.
  2. Em Plataforma segmentada, escolha Servidor.
  3. Clique em Criar.

Uma caixa de diálogo para configurar o servidor de tags é exibida. Esse processo está detalhado na próxima seção.

Configurar um servidor de tags

Depois de criar o contêiner do servidor, você precisa implantar um servidor de tags. Observação: para voltar a essa tela mais tarde, clique no ID do contêiner na barra superior ou navegue até a guia Administrador > Configurações do contêiner > Configurar o servidor de tags.

Escolha uma das seguintes opções de implantação:

  • Provisionamento automático (recomendado): se você escolher Provisionar automaticamente o servidor de tags, o Gerenciador de tags do Google configurará um novo projeto do GCP e um servidor de tags do App Engine para você. Se você quiser usar um projeto atual do GCP, siga o guia de configuração do App Engine.
  • Provisionamento manual em infraestruturas que não são do Google: se você quiser usar sua própria solução de servidor, siga as etapas no guia de configuração manual.

Configurar o domínio do servidor

O novo servidor de tags tem um URL padrão em appspot.com. Recomendamos que você aponte um subdomínio do seu site para esse servidor para que ele possa ler/gravar cookies que não estejam visíveis para os scripts da página (cookies HttpOnly), melhorando a privacidade desses cookies. Siga estas instruções para mapear o subdomínio do site para o servidor de tags.

Sobre a implantação padrão do GCP

Os servidores de tags criados com o fluxo de provisionamento automático usam a configuração padrão.

Quais recursos do GCP são alocados quando eu provisiono meu servidor de tags automaticamente?

Quando você provisiona automaticamente um servidor de tags, um projeto do GCP é criado com o contêiner do lado do servidor implantado em um único servidor do App Engine no ambiente padrão. A implantação de servidor único é o ambiente recomendado para inclusão de tags no servidor com o objetivo de testar volumes limitados de tráfego.

Quando o contêiner do lado do servidor começar a receber tráfego ativo, faça um upgrade para o ambiente flexível do App Engine e aloque outros servidores do GCP para garantir redundância e evitar a perda de dados em caso de limitações de capacidade ou interrupções. Configure pelo menos três servidores por contêiner para garantir a redundância. Siga estas instruções para fazer o upgrade da implantação.

Qual é o domínio do meu servidor de tags?

A implantação padrão usa um subdomínio do App Engine. Recomendamos que você aponte um subdomínio do seu site para esse servidor. Siga estas instruções para mapear o subdomínio do site para o servidor de tags.

Qual é o custo da implantação padrão?

Na maioria dos casos, a implantação padrão de um projeto do GCP com um servidor único é sem custo financeiro. No entanto, alguns fatores podem gerar custos para esse tipo de implantação:

  1. A conta de faturamento usada para a implantação do GCP é vinculada a outros projetos que enviam dados do servidor para além do Nível sem custo financeiro do GCP.
  2. A quantidade de tráfego enviado do servidor excede os limites do nível sem custo financeiro.

Depois de fazer upgrade para o ambiente flexível do App Engine, você terá um gasto mensal de US$ 30 a US$ 50 por servidor. Grandes quantidades de tráfego de rede podem aumentar esse custo.

Como adiciono outros servidores ao meu projeto do GCP?

Para adicionar outros servidores ao seu projeto do GCP, siga estas instruções.

Enviar sua primeira solicitação

Para saber como enviar sua primeira solicitação, leia o guia sobre como enviar dados ao Gerenciador de tags do lado do servidor.