Perguntas frequentes

Esta página contém informações gerais e perguntas frequentes sobre a API Google Pay.

Sobre a API Google Pay

O Google Pay é um serviço que permite fazer compras facilmente em apps e sites. Com a API Google Pay, seus clientes podem usar os próprios cartões salvos nas Contas do Google deles para efetuar pagamentos.

Recursos compatíveis

A API Google Pay tem vários recursos compatíveis.

Formas de pagamento compatíveis

A API Google Pay é capaz retornar as seguintes formas de pagamento:

  • Cartões e tokens de rede
  • Tokens do PayPal, para comerciantes que conseguem processar pagamentos com o PayPal

Faturamento recorrente e assinaturas

A compatibilidade com o faturamento recorrente depende da forma de pagamento retornada na resposta da API Google Pay. Tanto os cartões tokenizados quanto os cartões salvos podem ser usados para o faturamento recorrente. O comerciante não precisa chamar a API sempre que processar essa forma de pagamento, já que a credencial é armazenada no servidor dele. O comerciante usa as próprias APIs de gateway de pagamento para gerenciar o faturamento recorrente.

O Google Pay é compatível com pagamentos recorrentes se as seguintes afirmações forem verdadeiras:

  • Os comerciantes obedecem às regras de rede, como transações iniciadas pelo comerciante.
  • Os termos de pagamento são divulgados e aceitos pelo usuário no fluxo de compra do comerciante.

É possível efetuar o faturamento recorrente de valores variáveis, como, por exemplo, contas de telefone mensais de operadoras de celular. Para mais informações, entre em contato com o representante do gateway de pagamento.

Recarga automática

O comerciante não precisa chamar nossa API todas as vezes que processar uma cobrança de recarga automática de mesmo custo, já que a credencial de pagamento é armazenada no servidor dele e reutilizada. Para mais informações, entre em contato com o representante do gateway de pagamento.

Estornos

Os comerciantes podem efetuar a reversão de transações relacionadas a cancelamentos, reembolsos ou disputas da mesma forma como lidam com estornos em outras formas de pagamento. Para mais informações, entre em contato com o representante dos processadores.

Coleta de doações

Organizações sem fins lucrativos (ONGs) aprovadas podem integrar a API Google Pay para coletar doações apenas se fornecerem documentação para comprovar, certificar e validar o status de organização sem fins lucrativos. Por exemplo, ONGs dos EUA precisam fornecer uma comprovação de status 501(c)3 válida do IRS para se qualificarem.

Perguntas frequentes gerais

As perguntas frequentes a seguir aplicam-se aos comerciantes.

Como os comerciantes podem divulgar que aceitam o Google Pay nos apps e sites deles?
Para informar os usuários que eles podem efetuar pagamentos com o Google Pay, use os recursos disponíveis nas diretrizes da promoção de marca para Android e Web.
Se você tiver integração com o Android, informe na descrição da Play Store que aceita o Google Pay. Para integrações com a Web, o comerciante pode adicionar uma descrição diretamente no site dele.
As plataformas de comércio eletrônico são compatíveis com o Google Pay?
Sim, a API Google Pay pode ser integrada a plataformas de comércio eletrônico. Processadores de pagamentos, gateways ou parceiros de plataforma de comércio eletrônico que hospedam páginas de pagamento em nome dos comerciantes podem usar o recurso do Google Pay de finalização de compra hospedado.
Quais provedores de pagamento aceitam o Google Pay?
Para ver uma lista dos processadores compatíveis com o Google Pay, consulte a página Processadores do Google Pay.
Quais países e regiões são compatíveis com o Google Pay?
Consulte nossa lista de países compatíveis que usam o Google Pay para pagamentos on-line ou em aplicativos.
Quais países e regiões são compatíveis com tokens (CRYPTOGRAM_3DS) do Google Pay?
Consulte a página Encontrar formas de pagamento aceitas nas compras em lojas e sem contato para ver uma lista de países e os bancos de cada um deles que aceitam tokens (CRYPTOGRAM_3DS) do Google Pay. Ela mostra os cartões compatíveis e os não compatíveis.
Qual é a diferença entre o Faturamento do Google Play no app e a API Google Pay?
Os desenvolvedores do Google Play que vendem produtos e softwares digitais em apps para Android precisam usar o Faturamento do Google Play no app, conforme especificado na Central de políticas do desenvolvedor do Google Play. Exemplos de Faturamento em apps incluem produtos de jogos virtuais, funcionalidades ou conteúdo de apps e produtos de software na nuvem. Veja a página de visão geral do Google Play Faturamento para saber mais sobre o Faturamento em apps.
Quando usada em aplicativos, a API Google Pay está disponível apenas para produtos e serviços físicos.
O Google Pay cobra alguma taxa?
O Google Pay não cobra taxas extras de usuários, comerciantes e desenvolvedores para usar a API Google Pay. Os comerciantes especificamente continuam pagando taxas de processamento ao processador do pagamento.
O que o Google faz para validar credenciais e evitar fraudes?
Todos os cartões adicionados ao Google passam por uma autorização de verificação para validar os dados do cartão, o que inclui o código de segurança do cartão (CVC). O Google também executa um mecanismo de risco reservado baseado em dados de faturamento, perfis de Contas do Google, histórico de compras, local e informações do dispositivo. No entanto, os comerciantes ainda precisam usar as próprias ferramentas de avaliação de fraude e risco com as transações do Google Pay.
PayPal com o Google Pay
Agora os usuários podem usar o PayPal por meio do Google Pay para fazer compras on-line ou em apps. Veja detalhes sobre a integração na documentação do PayPal Como vincular o PayPal ao Google Pay (em inglês).
Mesmo se os comerciantes não tiverem uma integração com o PayPal, os usuários ainda poderão usar as contas do PayPal deles vinculadas ao Google Pay. Nesse caso, um cartão MasterCard tokenizado é retornado na resposta da API Google Pay.
A integração da API Google Pay funciona em WebViews?
Para aplicativos Android que usam WebViews, é necessário invocar APIs nativas do Google Pay para Android. Consulte Como vincular o código JavaScript ao código Android para ver exemplos.