Pronto!

Para começar a desenvolver, acesse nossa documentação do desenvolvedor.

Ativar o serviço web da API do Google Places

Para começar, orientaremos você pelo Console do Desenvolvedor do Google para realizar algumas atividades:

  1. Criar ou selecionar um projeto
  2. Ativar o serviço web da API do Google Places
  3. Criar chaves apropriadas
Continuar

Políticas da Places API

Esta seção lista os requisitos que são específicos a todos os aplicativos desenvolvidos com a Google Places API Web Service, inclusive o serviço Place Autocomplete que faz parte dessa API. Informações mais gerais para desenvolvedores do Google Maps se encontram nos Termos de Serviço das Google Maps APIs.

Requisitos de Logotipo

Se o aplicativo exibir dados do Google Places API Web Service em um mapa, ele deverá ser fornecido pelo Google.

Se o aplicativo exibir dados do Google Places API Web Service em uma página ou vista que não exibe também um mapa do Google Maps, deverá ser exibido um logotipo "Powered by Google" com esses dados. Por exemplo, se o aplicativo exibe uma lista de locais em uma guia e um mapa do Google Maps com esses locais em outra guia, a primeira guia deverá exibir o logotipo "Powered by Google".

Para uso com segundo plano branco Para uso com segundo plano de branco

O arquivo ZIP a seguir contém o logotipo "Powered by Google" nos tamanhos corretos para aplicativos para computador, Android e iOS. Não é permitido redimensionar nem modificar esses logotipos de nenhuma forma.

Download: powered-by-google.zip

Se o aplicativo usar o logotipo da Zagat, consulte as Diretrizes de marca e atribuição da Zagat.

Requisitos de atribuição

As respostas da Google Places API Web Service podem incluir atribuições de provedores de listagens em formato HTML, que devem ser exibidas para o usuário à medida que são fornecidas. Qualquer link contido no HTML deve ser preservado. Recomendamos colocar essas informações abaixo dos resultados da pesquisa ou das informações de detalhes de locais.

Limites de uso

A Google Places API Web Service e o Place Autocomplete compartilham uma cota de uso, conforme é descrito na documentação de Limites de uso. Estes limites de uso também se aplicam ao usar Places Library in the Google Maps JavaScript API. O uso diário é calculado como a soma das consultas combinadas do lado do cliente e do lado do servidor.

Requisitos dos termos de uso e da política de privacidade

Ao desenvolver um aplicativo com a Google Places API Web Service, é necessário disponibilizar os termos de uso e uma política de privacidade com o aplicativo para atender às diretrizes descritas nos Termos de Serviço das Google Maps APIs Seção 9.3:

  • Seus termos de uso e política de privacidade devem estar publicamente disponíveis.
  • Nos termos de uso do aplicativo, declare explicitamente que, ao usá-lo, os usuários deverão obedecer aos Termos de Serviço do Google.
  • Na política de privacidade, notifique os usuários do uso das Google Maps APIs e incorpore, por referência, a Política de privacidade do Google.

O local recomendado para disponibilizar os termos de uso e a política de privacidade dependerá da plataforma do aplicativo. Veja os detalhes abaixo:

Aplicativos para dispositivos móveis

Se estiver desenvolvendo um aplicativo para dispositivos móveis, recomendamos fornecer um link para os termos de uso e a política de privacidade na página de download na loja de aplicativos em questão e em um menu de configurações do aplicativo.

Aplicativos web

Se estiver desenvolvendo um aplicativo web, recomendamos fornecer um link para os termos de uso e política de privacidade no rodapé do site.

Pré-busca, armazenamento em cache ou armazenamento de conteúdo

Aplicativos que usam a Google Places API Web Service devem seguir os Termos de Serviço das Google Maps APIs. A Seção 10.1.3 dos termos declara que não é permitido fazer pré-busca, armazenamento em cache nem armazenamento de qualquer conteúdo, exceto sob as condições limitadas declaradas nos termos.

Observe que o ID de local usado para identificar um local de forma exclusiva está isento da restrição de armazenamento em cache. Portanto, é permitido armazenar valores de ID de local indefinidamente. O ID de local é retornado no campo place_id em respostas da Google Places API Web Service.

Enviar comentários sobre…

location_on
Google Places API Web Service