Visão geral

A API Google Pay for Passes permite se engajar com usuários por meio de cartões de embarque para voos. Os conceitos abordados neste guia ajudam a entender melhor os recursos dos cartões de embarque salvos.

Esta seção aborda os casos de uso disponíveis apenas para a indústria de cartões de embarque para voos.

Para implementar cartões de embarque, use os links JWT "skinny", um método que pré-insere as classes e os objetos.

FlightClasses e FlightObjects

Assim como outras indústrias na API Google Pay for Pass, os dados dos cartões de embarque são armazenados em duas estruturas de dados: FlightObject e FlightClass. Neste guia, explicaremos como essas estruturas podem ser usadas com cartões de embarque.

FlightClass

A FlightClass mantém dados que todos os passageiros ou um subconjunto de passageiros têm em comum para um voo específico em uma data e hora determinadas. Por exemplo, esses dados comuns podem ser a operadora, a origem, o destino, o número do voo e a hora de partida. Todos os passageiros no voo teriam os mesmos dados nos cartões de embarque.

Uma FlightClass também pode manter dados comuns para um subconjunto de passageiros no mesmo avião. Por exemplo, crie três estruturas FlightClass diferentes para primeira classe, classe comercial e classe econômica. Isso permitiria usar campos diferentes para cada subconjunto, se isso fosse necessário. Nesse caso, todas as três classes ainda representariam o mesmo avião, voando na mesma rota, em uma data e hora específicas.

FlightObject

Um FlightObject representa cada passageiro que voa em um determinado avião em um momento específico. Por exemplo, o FlightObject contém o nome do passageiro, o número do assento e o código de barras do embarque. Eles são diferentes no cartão de embarque de cada passageiro.

Os recursos contidos em um FlightObject são salvos no app Google Pay de um usuário.

Países compatíveis

Para saber quais países aceitam cartões de embarque para voos, consulte a lista de países compatíveis. É recomendável limitar a exibição do botão Salvar no Google Pay com base no local em que o usuário está comprando o cartão de embarque.