Agradecemos seu interesse na nova documentação sobre tags do Google. Este site está em versão Beta pública. (Feedback)

Analisar as configurações de tags atuais

Antes de instalar novas tags, é importante entender quais já existem no seu site ou app para dispositivos móveis, se houver. Avalie as configurações de tag atuais para não adicionar tags extras ou redundantes à sua instalação. Se você não souber o estado atual das instalações de tag nas suas páginas da Web, este artigo descreve maneiras de analisar as configurações de tags.

Mesmo depois de concluir uma análise preliminar, você precisa incorporar essas verificações como parte do processo padrão de gerenciamento de tags. Avaliar regularmente as tags executadas no seu site ou app é importante para garantir a proteção e a segurança dos dados.

Para analisar tags, use o Assistente de tags do Google, os recursos no Gerenciador de tags do Google ou as técnicas de inspeção manual do código.

Assistente de tags

O Assistente de tags do Google é uma ferramenta de análise para instalações de tags globais do site (gtag.js). Quando ativado, o Assistente de tags exibirá um painel de depuração no navegador, abaixo do conteúdo do site. Assim, você pode inspecionar quais comandos da tag global do site foram disparados e em que ordem. A ferramenta mostra quais informações estão sendo transmitidas para a camada de dados e quais eventos acionaram essas trocas. Ela também exibe os hits (solicitações HTTP) e os parâmetros associados. Saiba mais sobre o Assistente de tags.

Gerenciador de tags

Você pode inspecionar contêineres e contas do Gerenciador de tags para analisar as configurações de tags atuais. O Gerenciador de tags também conta com um modo de visualização, que tem uma funcionalidade semelhante ao do Assistente de tags.

Use a barra de pesquisa do contêiner do Gerenciador de tags para localizar tags, configurações ou linhas de código nos seus acionadores, tags e variáveis. Essa é uma ótima maneira de identificar as tags que talvez contenham configurações ou códigos que precisam ser reavaliados.

Versões

O recurso Versões no Gerenciador de tags mostra o resumo de uma configuração de contêiner atual.

  1. No Gerenciador de tags, clique em Versões.
  2. Clique na versão mais recente na lista para ver o estado atual do contêiner. Tags, acionadores, variáveis e modelos personalizados serão exibidos nessa visualização.

Modo de visualização

O modo de visualização do Gerenciador de tags mostra quais tags estão sendo disparadas em uma página, quais eventos acionam essas tags e quais informações estão sendo enviadas para a camada de dados. O modo de visualização funciona da mesma forma que o Assistente de tags. Saiba mais sobre o modo de visualização.

Inspeção manual do código

Para ver uma análise mais completa das configurações de tags atuais, às vezes é necessário fazer uma inspeção manual do código. Pesquise no código-fonte algumas destas palavras-chave de tag comuns para identificar possíveis configurações de tag:

  • gtag(: é a abertura para funções gtag(), e esses fragmentos de código geralmente contêm uma instrumentação extra.
  • googletagmanager.com: esse domínio é usado para carregar a funcionalidade do Gerenciador de tags e da tag global do site, ajudando você a localizar esses tipos de tag.

Se você já tiver a gtag.js ou o Gerenciador de tags do Google, poderá atualizar a instrumentação ou as tags atuais em vez de implementar novas configurações.

  • dataLayer: pode ser usado para descobrir se o código da camada de dados foi estabelecido, além de chamadas dataLayer.push() com instrumentação para eventos específicos.
  • analytics.js ou ga.js: nomes de arquivos das bibliotecas usadas para implementações legadas do Google Analytics.
  • conversion.js ou conversion_async.js: nomes de arquivos das bibliotecas usadas para a medição de conversões do Google Ads.
  • optimize.js: usado para tags do Google Optimize.
  • Sistemas de gerenciamento de tags de terceiros que podem conter tags do Google. Procure no seu código-fonte se há algum possível sistema de gerenciamento de tag de terceiros, como utag.js ou _satellite.

Tag global do site (gtag.js)

Se houver uma tag global do site na página, revise a tag para descobrir mais informações sobre a finalidade dela. A tag principal terá uma aparência semelhante à deste exemplo:

  <!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->
  <script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=UA-XXXXXX-1"></script>
  <script>
    window.dataLayer = window.dataLayer || [];
    function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
    gtag('js', new Date());

    gtag('config', 'UA-XXXXXX-1');
  </script>

É possível que você veja várias linhas gtag('config',...) para outros produtos e contas. Exemplo:

  <!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics -->
  <script async src="https://www.googletagmanager.com/gtag/js?id=UA-XXXXXX-1"></script>
  <script>
    window.dataLayer = window.dataLayer || [];
    function gtag(){dataLayer.push(arguments);}
    gtag('js', new Date());
    
    gtag('config', 'UA-XXXXXX-1');
    gtag('config', 'UA-YYYYYY-2');
    gtag('config', 'AW-XXXXXX');
    gtag('config', 'G-XXXXXX');
  </script>

Cada linha de configuração inclui o prefixo do produto, que indica qual produto está sendo configurado, seguido pelo ID da conta que está sendo configurada. Veja mais informações sobre os prefixos dos produtos abaixo.

Prefixos de produtos para tags globais do site

UA A tag global do site é controlada pelo Google Analytics. O ID é seu ID de métricas do Google Analytics. Para encontrar a propriedade associada a esse ID, use o recurso de pesquisa de conta no Google Analytics. Se a propriedade não aparecer, é provável que você não tenha acesso a ela.
G A tag global do site é controlada por um fluxo do Google Analytics 4. O ID é seu ID de métricas do Google Analytics.
AW A tag global do site é controlada pelo Google Ads. A string numérica que segue o prefixo AW é o ID de conversão do Google Ads.
DC A tag global do site é controlada por uma tag do Floodlight. A string numérica que segue o DC é seu ID do anunciante.
outro A tag global do site é controlada por outro produto do Google ou pode ter sido implementada incorretamente. Use o Assistente de tags para fazer a verificação.

Gerenciador de tags do Google

As páginas da Web configuradas com o Gerenciador de tags terão uma tag de contêiner instalada com uma aparência semelhante à do exemplo a seguir. Inspecione o código do contêiner para identificar o ID do contêiner do Gerenciador de tags. O ID do contêiner começa com "GTM-". Veja um exemplo do posicionamento do ID destacado abaixo.

<!-- Google Tag Manager -->
<script>(function(w,d,s,l,i){w[l]=w[l]||[];w[l].push({'gtm.start':
new Date().getTime(),event:'gtm.js'});var f=d.getElementsByTagName(s)[0],
j=d.createElement(s),dl=l!='dataLayer'?'&l='+l:'';j.async=true;j.src=
'https://www.googletagmanager.com/gtm.js?id='+i+dl;f.parentNode.insertBefore(j,f);
})(window,document,'script','dataLayer','GTM-XXXXXX');</script>
<:!-- End Google Tag Manager -->

Depois de encontrar o ID do contêiner, abra a tela de contas do Gerenciador de tags do Google e clique em para pesquisar esse ID. Em seguida, inspecione a configuração da tag, do acionador e da variável no seu site.