Introdução à indexação

A indexação do seu conteúdo pelo Google é determinada por algoritmos do sistema que consideram a demanda do usuário e as verificações de qualidade. É possível influenciar o processo de indexação do Google com o modo como você gerencia a descoberta do seu conteúdo, o que depende do URL da página. Sem os URLs das suas páginas, nossos sistemas não podem rastrear, indexar e apresentar suas informações na Pesquisa. Este documento introduz a noção de entrada no índice do Google, ajudando você a decidir como gerenciar a descoberta do seu conteúdo pelo Google, que é o primeiro passo no processo de indexação.

Formas de gerenciar seus recursos para descoberta pelo Google

É possível escolher várias abordagens para ajudar o Google a encontrar seus recursos e dados, o que pode incluir desde métodos totalmente passivos até muito proativos. Esta seção descreve as opções gerais para que você forneça metadados de recursos (sitemaps e links de recursos) para posicionar melhor seu conteúdo na exibição da Pesquisa.

A. Escolha uma abordagem passiva

Se você criar um site sem fornecer um sitemap, nossos sistemas tentarão localizar e indexar o conteúdo do seu site, a menos que você bloqueie especificamente seu conteúdo para rastreadores. No decorrer normal das atividades, os sistemas do Google rastreiam as relações entre suas páginas e as páginas de outros sites que se vinculam ao seu conteúdo. Para mais informações, consulte o Guia de introdução.

Vantagens: nenhum outro trabalho além de produzir seu conteúdo. Essa abordagem é adequada para situações em que você tem um site simples e não requer descoberta de conteúdo rápida nos resultados da Pesquisa. Desvantagens: depender de links naturais como único meio de descoberta pode fazer com que nossos sistemas não consigam encontrar todo o conteúdo do seu site, especialmente se ele for novo ou tiver poucas referências. Isso pode causar problemas tanto para o novo conteúdo que você quer ver na Pesquisa, como para o conteúdo que você marca especialmente para inclusão em pesquisas aprimoradas.

B. Gerencie ativamente seus URLs

Quando você fornece aos nossos sistemas uma lista direta de URLs para seu conteúdo, conhecida como sitemap, nossa capacidade de encontrar suas páginas não depende mais somente do relacionamento da sua página com outras páginas de referência na Web. Isso acelera o processo de descoberta do seu conteúdo pelos nossos sistemas. O esperado é que você hospede o sitemap no seu domínio em um local acessível pelo Googlebot.

Além disso, se você tiver vários URLs que contêm basicamente o mesmo conteúdo, como uma página AMP, uma página HTML e uma visualização de app para dispositivos móveis, será útil indicar a relação entre esses recursos. Estabelecer o relacionamento entre seus recursos permite que nosso sistema veicule corretamente o conteúdo certo, como um link para seu app ou para suas páginas AMP. Para isso, estabeleça as páginas canônicas do seu site e configure um relacionamento de vinculação entre essas páginas e o conteúdo alternativo da Web ou do app. Depois de estabelecer os relacionamentos entre os vários recursos, podemos determinar o tipo de conteúdo a ser exibido ao usuário nos resultados da Pesquisa, como mostrar um link para seu app para usuários que pesquisam em smartphones e já têm seu app instalado.

Vantagens: melhora o desempenho das suas pesquisas aprimoradas. Acelera o processamento de conteúdo novo e de baixa referência no sistema. Essa abordagem remove um obstáculo em potencial para que seu conteúdo seja rapidamente veiculado pelo Google em vários formatos.

Desvantagens: você tem o trabalho de fornecer metadados de recursos, que são o sitemap e as relações especificadas entre as páginas da Web, o aplicativo e as páginas AMP.

C. Envie URLs novos e atualizados para o Google

Embora você possa simplesmente hospedar o sitemap no seu site para que nossos sistemas o descubram, também é possível fornecer notificações sobre novos URLs ou URLs existentes cujo conteúdo foi alterado.

Para novos URLs, o envio do sitemap nos ajuda a descobri-los mais rapidamente. Para alterações de conteúdo em URLs existentes, você pode fornecer um sitemap XML com data e hora da modificação para nos notificar sobre o conteúdo alterado pronto para reindexar.

Quando nossos sistemas recebem a lista de URLs, determinamos quando rastrear o conteúdo. Para o conteúdo que rastreamos, estabelecemos a existência do recurso no seu servidor, um processo conhecido como verificação, e depois preparamos esse conteúdo para nosso processo de indexação.

Vantagens: o envio de URLs para o Google ajuda a direcionar a pontualidade das atualizações de conteúdo do seu domínio para a Pesquisa.

Desvantagens: não são muitas. Depois do trabalho de criar um sitemap, enviá-lo ao Google é um processo simples, e muitos sistemas de gerenciamento de conteúdo oferecem atualizações programáticas do sitemap.

Saiba mais sobre sitemaps e veja por que você pode precisar de um para seu site na Central de Ajuda do Search Console.