Checagem de fatos

Se você tiver uma página da Web que analisa declarações feitas por outras pessoas, será possível incluir dados estruturados de ClaimReview nela. O dados estruturados de ClaimReview podem permitir que uma versão resumida da checagem de fatos seja exibida nos resultados da Pesquisa Google quando sua página aparecer nos resultados da pesquisa referentes a essa declaração.

Este guia descreve os detalhes sobre como implementar dados estruturados de ClaimReview. Se você não quiser fazer isso manualmente, verifique a Ferramenta de marcação de Checagem de fatos. Para saber mais, acesse a página sobre a Ferramenta de marcação de Checagem de fatos.

Como adicionar dados estruturados

Os dados estruturados são um formato padronizado para fornecer informações sobre uma página e classificar o conteúdo dela. Caso você não saiba muito sobre o assunto, veja como os dados estruturados funcionam.

Esta é uma visão geral de como criar, testar e lançar dados estruturados. Para ver um guia passo a passo sobre como adicioná-los a uma página da Web, confira nosso codelab.

  1. Adicione as propriedades obrigatórias. Para mais informações, assista a este vídeo sobre onde colocar dados estruturados JSON-LD na página.
  2. Siga as diretrizes.
  3. Valide o código usando o Teste de pesquisa aprimorada.
  4. Implante algumas páginas que incluam os dados estruturados e use a Ferramenta de inspeção de URL para testar como o Google vê a página. Verifique se a página está acessível ao Google e se não está bloqueada por um arquivo robots.txt, pela tag noindex ou por requisitos de login. Se estiver tudo certo, peça ao Google para rastrear novamente seus URLs.
  5. Para manter o Google informado sobre alterações futuras, recomendamos que você envie um sitemap. É possível automatizar isso com a API Search Console Sitemap.

Exemplo

Imagine uma página que analisa a afirmação de que a Terra é plana. Veja como uma pesquisa por "o mundo é plano" ("the world is flat", em inglês) apareceria nos resultados da Pesquisa Google se a página fornecesse um elemento ClaimReview. A aparência real pode variar:

Análise de uma declaração associada a uma página

Veja um exemplo de dados estruturados na página que hospeda essa checagem de fatos:


<html>
  <head>
    <title>The world is flat</title>
    <script type="application/ld+json">
    {
      "@context": "https://schema.org",
      "@type": "ClaimReview",
      "datePublished": "2016-06-22",
      "url": "http://example.com/news/science/worldisflat.html",
      "claimReviewed": "The world is flat",
      "itemReviewed": {
        "@type": "Claim",
        "author": {
          "@type": "Organization",
          "name": "Square World Society",
          "sameAs": "https://example.flatworlders.com/we-know-that-the-world-is-flat"
        },
        "datePublished": "2016-06-20",
        "appearance": {
          "@type": "OpinionNewsArticle",
          "url": "http://skeptical.example.net/news/a122121",
          "headline": "Square Earth - Flat earthers for the Internet age",
          "datePublished": "2016-06-22",
          "author": {
            "@type": "Person",
            "name": "T. Tellar"
          },
          "image": "https://example.com/photos/1x1/photo.jpg",
          "publisher": {
            "@type": "Organization",
            "name": "Skeptical News",
            "logo": {
              "@type": "ImageObject",
              "url": "https://example.com/logo.jpg"
            }
          }
        }
      },
      "author": {
        "@type": "Organization",
        "name": "Example.com science watch"
      },
      "reviewRating": {
        "@type": "Rating",
        "ratingValue": "1",
        "bestRating": "5",
        "worstRating": "1",
        "alternateName": "False"
      }
    }
    </script>
  </head>
  <body>
  </body>
</html>

Regras de elegibilidade

O Google não garante que as checagens de fatos serão exibidas nos resultados da pesquisa, mesmo que a página esteja marcada corretamente de acordo com o teste de pesquisa aprimorada. O uso de dados estruturados permite, mas não garante que um recurso esteja presente. O algoritmo do Google determina programaticamente a qualificação para a pesquisa aprimorada de checagem de fatos, dependendo de muitas variáveis, incluindo as seguintes diretrizes.

Para que seu conteúdo seja qualificado para exibição como uma pesquisa aprimorada de checagem de fatos na Pesquisa Google, você precisa atender às seguintes diretrizes:

  • O site precisa ter várias páginas marcadas com dados estruturados ClaimReview.
  • É necessário seguir todas as diretrizes de dados estruturados e as diretrizes para webmasters.
  • Não pode haver incompatibilidade entre os dados estruturados e o conteúdo da página. Por exemplo, se os dados estruturados indicarem que a declaração é verdadeira, mas o conteúdo da página disser que ela é falsa. Em vez disso, verifique se o conteúdo e os dados estruturados correspondem. Por exemplo, ambos indicam que a declaração é verdadeira.
  • Você precisa atender aos padrões de responsabilidade, transparência, legibilidade e representação enganosa do site, conforme explicado nas Diretrizes gerais do Google Notícias.
  • Você precisa ter uma política de correções ou ter um mecanismo para que os usuários relatem erros.
  • Sites de entidades políticas (como campanhas, partidos ou funcionários eleitos) não estão qualificados para esse recurso.
  • Seus leitores podem identificar facilmente as declarações e checagens no corpo do artigo. Seus leitores conseguem entender o que foi checado e quais conclusões foram alcançadas.
  • É necessário atribuir claramente a declaração específica que você está avaliando a uma origem distinta, diferente do seu site, seja um outro site, uma declaração pública, mídias sociais ou outra fonte rastreável.
  • A análise da checagem de fatos precisa ser rastreável e transparente em relação às fontes e aos métodos, com citações e referências a fontes primárias.

Diretrizes técnicas

  • Uma única página pode hospedar vários elementos ClaimReview, cada um para uma declaração diferente.
  • Quando vários revisores da página verificam o mesmo fato, é possível incluir um elemento ClaimReview diferente para a análise de cada um deles (exemplo abaixo). Para saber mais, acesse como postar diversas checagens de fatos em uma página.
  • A página que hospeda o elemento ClaimReview precisa conter pelo menos um resumo da checagem e da avaliação do fato ou pode exibir o texto na íntegra.
  • Você deve hospedar um ClaimReview específico em somente uma página do seu site. Não repita a mesma checagem de fatos em várias páginas, a menos que haja variações da mesma página. Por exemplo, é possível postar o mesmo ClaimReview nas versões da página para computadores e para dispositivos móveis.
  • Se o site agregar artigos de checagem de fatos, confira se todos esses artigos correspondem aos critérios acima e se você fornece uma lista aberta e publicamente disponível de todos os sites desse tipo que você agrega.

Como postar diversas checagens de fatos em uma página

Caso você decida especificar vários itens ClaimReview em uma única página, verifique se todos eles são relevantes para o tópico principal dela. Use um dos seguintes métodos:

  • Crie uma página com o resumo das diversas checagens de fatos, cada uma com um elemento ClaimReview próprio. Postando a versão completa do texto de cada checagem na página dedicada a ela. Cada elemento ClaimReview na página de resumo faz referência à versão completa da página, em vez de direcionar o usuário para a página de resumo.
  • OU
  • Criando uma única página com diversas revisões completas, cada uma delas possuindo um HTML âncora. Cada elemento ClaimReview direciona o usuário para summary_page.html#anchor.

Definições de tipos de dados estruturados

Os seguintes tipos de dados estruturados são necessários para implementar as checagens de fatos.

É necessário incluir as propriedades obrigatórias para que seu conteúdo seja qualificado para exibição como uma pesquisa aprimorada. Também é possível incluir as propriedades recomendadas para dar mais informações sobre o conteúdo, o que pode proporcionar uma melhor experiência do usuário.

Caso sua organização esteja interessada em implementar ou tenha problemas com ClaimReview, envie seus dados de contato. Assim nossa equipe poderá entrar em contato com você.

ClaimReview

A definição completa de ClaimReview está disponível em schema.org/ClaimReview (em inglês).

Propriedades obrigatórias
claimReviewed

Text

É um breve resumo da declaração que está sendo avaliada. Procure preencher esse campo com menos de 75 caracteres para minimizar o ajuste de texto necessário ao exibir em dispositivos móveis.

reviewRating

Rating

É a avaliação da declaração. Esse objeto é compatível com avaliações numéricas e textuais. Atualmente, o valor textual é o único exibido nos resultados da pesquisa.

Cada projeto de checagem de fatos tem uma variedade de esquemas de classificação que podem ter diferenças sutis, especialmente para valores intermediários. É importante documentar esses esquemas para esclarecer o significado das classificações numéricas. No mínimo, é preciso ter um sistema de classificação com correspondência de números e valores textuais em todas as checagens de fatos com pontuações numéricas.

  • 1 = "Falso"
  • 2 = "Predominantemente falso"
  • 3 = "Verdadeiro em partes"
  • 4 = "Predominantemente verdadeiro"
  • 5 = "Verdadeiro"

Para mais informações, consulte Rating.

url

URL

É o link para a página que hospeda o artigo completo com a checagem de fatos. Se a página tiver vários elementos ClaimReview, será sinal de que a checagem de fatos tem um HTML âncora e que essa propriedade direciona o usuário para essa âncora. Exemplos: http://example.com/longreview.html ou http://example.com/summarypage.html#fact1

O domínio desse valor de URL precisa ser o mesmo domínio ou um subdomínio da página que hospeda esse elemento ClaimReview. Redirecionamentos ou URLs abreviados (como g.co/searchconsole) não são resolvidos e, portanto, não funcionarão aqui.

Propriedades recomendadas
author

Organization

É o editor do artigo de checagem de fatos, e não o editor da declaração. author precisa ser uma organização ou uma pessoa. author tem pelo menos uma das seguintes propriedades:

name Text

É o nome da organização que está publicando a checagem de fatos.

url

URL

É o URL do editor da checagem de fatos. Pode ser uma página inicial, uma página de contato ou outra página relevante.

datePublished

DateTime

É a data em que a checagem de fatos foi publicada.

itemReviewed

Claim

É um objeto que descreve a declaração feita. Para mais informações, consulte: Claim.

Claim

A definição completa de Claim está disponível em schema.org/Claim (em inglês).

Propriedades recomendadas
appearance

URL ou CreativeWork

É um link para ou uma descrição in-line de um CreativeWork em que esta declaração aparece.

author

Organization ou Person

É o autor da declaração, e não o autor da checagem de fatos. Não inclua a propriedade author se a declaração não tiver um autor. Se você adicionar author, defina as seguintes propriedades:

nameText, obrigatório

É o editor da declaração. Pode ser uma pessoa ou organização.

sameAs URL, recomendado

Indica quem está fazendo a declaração, independentemente de ser uma Person ou Organization. Quando vários editores informam sobre a mesma declaração, a propriedade appearance pode ser repetida. Quando várias partes fazem essencialmente a mesma declaração, a propriedade author pode ser repetida.

O URL pode ser:

  • a página inicial da organização que está fazendo a declaração;
  • outro URL definitivo que fornece informações sobre a parte que está fazendo a declaração, como uma entrada da Wikipédia ou do Wikidata de uma pessoa ou organização.
datePublished

DateTime

É a data em que a declaração foi feita ou caiu em debate público (por exemplo, quando ganhou espaço nas redes sociais).

firstAppearance

URL ou CreativeWork

É um link para ou uma descrição in-line de um CreativeWork em que essa declaração específica é exibida pela primeira vez.

Rating

A definição completa de Rating está disponível em schema.org/Rating (em inglês).

Propriedades obrigatórias
alternateName

Text

É a avaliação de confiabilidade atribuída a ClaimReview.reviewRating, como uma frase ou palavra curta compreensível. Esse valor é exibido na checagem de fatos nos resultados da pesquisa. Exemplos: "Verdadeiro" ou "Predominantemente verdadeiro".

Caso vá usar um texto mais longo, certifique-se de que o início da frase expressa o significado principal, para o caso de ela aparecer truncada na tela. Por exemplo: "Predominantemente verdadeiro nos pormenores, embora a alegação geral esteja um pouco equivocada".

Propriedades recomendadas
bestRating

Number

Em classificações numéricas, é o melhor valor possível na escala de "pior" para "melhor". Precisa ser maior do que worstRating. Precisa ser passível de avaliação numérica. Exemplo: 4

name

Text

É o mesmo que alternateName e é usado quando alternateName não é fornecido, mas recomendamos que você especifique alternateName em vez de name.

ratingValue

Number

É uma avaliação numérica da declaração, que vai de worstRating a bestRating, incluindo esses dois valores. Valores inteiros são recomendados, mas não são obrigatórios. Quanto mais próxima a classificação numérica estiver de bestRating, mais verdadeira será a declaração. Quanto mais próxima de worstRating, mais falsa ela será. É preciso que a classificação numérica possa ser avaliada como um número. Exemplo: 4.

worstRating

Number

Em classificações numéricas, é o pior valor possível em uma escala de "pior" para "melhor". Precisa ser menor que bestRating Precisa ser passível de avaliação numérica. Precisa ter um valor mínimo de 1. Exemplo: 1.

Monitorar pesquisas aprimoradas com o Search Console

O Search Console é uma ferramenta que ajuda você a monitorar o desempenho das suas páginas na Pesquisa Google. Não é preciso se inscrever na plataforma para ser incluído nos resultados da Pesquisa Google, mas isso pode ajudar você a entender e melhorar como vemos seu site. Recomendamos verificar o Search Console nos seguintes casos:

  1. Depois de implantar os dados estruturados pela primeira vez
  2. Depois de lançar novos modelos ou atualizar o código
  3. Análise periódica do tráfego

Depois de implantar os dados estruturados pela primeira vez

Depois que o Google indexar as páginas, procure problemas com o relatório de status da pesquisa aprimorada relevante. Em condições ideais, você verá um aumento de páginas válidas e nenhum aumento de erros ou avisos. Se você encontrar problemas nos dados estruturados, faça o seguinte:

  1. Corrija os erros.
  2. Inspecione um URL ativo para verificar se o problema persiste.
  3. Solicite a validação com o relatório de status.

Depois de lançar novos modelos ou atualizar o código

Ao fazer mudanças significativas no site, monitore aumentos nos erros e avisos de dados estruturados.
  • Caso você perceba um aumento nos erros, talvez tenha lançado um novo modelo que não funcione ou o site esteja interagindo com o modelo existente de uma maneira nova e incorreta.
  • Caso você veja uma diminuição nos itens válidos (não correspondidos por um aumento nos erros), talvez não esteja mais incorporando os dados estruturados às páginas. Use a Ferramenta de inspeção de URL para saber o que está causando o problema.

Análise periódica do tráfego

Analise o tráfego da Pesquisa Google com o Relatório de desempenho. Os dados mostrarão com que frequência sua página aparece como aprimorada na Pesquisa, com que frequência os usuários clicam nela e qual é a posição média dela nos resultados. Também é possível extrair automaticamente esses resultados com a API Search Console.

Solução de problemas

Se você tiver problemas para implementar os dados estruturados, veja alguns recursos que podem ajudar.