Autorizar solicitações

Quando seu aplicativo solicita dados privados, a solicitação tem que ser autorizada por um usuário autenticado com acesso a esses dados.

Cada solicitação que seu aplicativo envia à API Indexing precisa incluir um token de autorização. O token também identifica o aplicativo para o Google.

Sobre os protocolos de autorização

O aplicativo deve obrigatoriamente usar o OAuth 2.0 para autorizar solicitações. Não há mais protocolos de autorização compatíveis. Se seu aplicativo usa o login do Google+, alguns aspectos da autorização são preenchidos para você.

Autorizar solicitações com OAuth 2.0

Todas as solicitações para a API Indexing precisam ser autorizadas por um usuário autenticado.

Os detalhes do processo de autorização ou “fluxo” para o OAuth 2.0 variam um pouco, dependendo do tipo de aplicativo que você está criando. O processo geral a seguir se aplica a todos os tipos de aplicativo:

  1. Ao criar seu aplicativo, registre-o usando o Console de APIs do Google. Em seguida, o Google fornece informações que serão usadas mais tarde, como um ID e uma chave secreta do cliente.
  2. Ative a API Indexing no Console de APIs do Google. Se ela não estiver no Console de APIs, pule essa etapa.
  3. Quando seu aplicativo precisar de acesso aos dados do usuário, ele solicitará ao Google um determinado escopo do acesso.
  4. O Google exibe uma tela de consentimento ao usuário, pedindo para que o aplicativo seja autorizado a solicitar alguns dos dados dele.
  5. Se o usuário aprovar, o Google fornecerá ao aplicativo um token de acesso de curta duração.
  6. O aplicativo solicita dados de usuário, anexando o token de acesso à solicitação.
  7. Se o Google determinar que a solicitação e o token são válidos, ele retornará os dados solicitados.

Alguns fluxos incluem etapas adicionais, como atualizar tokens para adquirir novos tokens de acesso. Para mais informações sobre fluxos de vários tipos de aplicativos, acesse a documentação OAuth 2.0 do Google.

Veja as informações do escopo do OAuth 2.0 para a API Indexing:

Escopo Significado
https://www.googleapis.com/auth/indexing Acesso de leitura e gravação.

Para solicitar acesso usando o OAuth 2.0, seu aplicativo precisa de informações do escopo, bem como informações fornecidas pelo Google durante o registro do aplicativo, como o ID e a chave secreta do cliente.

Dica: as bibliotecas cliente de APIs do Google cuidam de parte do processo de autorização para você. Elas estão disponíveis para uma série de linguagens de programação. Acesse a página de bibliotecas e exemplos para mais detalhes.