Pronto!

Para começar a desenvolver, acesse nossa documentação do desenvolvedor.

Ativar a API do Google Places para Android

Para começar, orientaremos você pelo Console de Desenvolvedores do Google para realizar algumas atividades:

  1. Criar ou selecionar um projeto
  2. Ativar a Google Places API for Android
  3. Criar chaves apropriadas
Continuar

Primeiros passos

Este guia apresenta os recursos na Google Places API for Android e mostra como configurar seu aplicativo para usar a API.

  1. Introdução e conceitos
  2. Visão geral da API
  3. Versões compatíveis da plataforma Android
  4. Configurar seu aplicativo
    1. Configurar os serviços do Google Play
    2. Adicionar sua chave de API
    3. Solicitar um aumento dos limites de uso
  5. Conectar à Places API

Introdução e conceitos

Os principais pontos de entrada para a Google Places API for Android são o widget de IUPlacePicker, o widget de UI Autocomplete, a GeoDataApi e a PlaceDetectionApi.

Ao usar a Google Places API for Android, você pode criar aplicativos cientes de localização que respondam contextualmente a empresas locais e outros locais próximos ao dispositivo. Isso significa que é possível criar aplicativos avançados baseados em locais que significam algo para o usuário para complementar os serviços diretos baseados em localidade geográfica oferecidos pelos serviços de localização do Android.

Um local é definido como um espaço físico que tem um nome. Outra forma de definir um local é algo que pode ser encontrado em um mapa. Exemplos incluem empresas locais, pontos de interesse e localizações geográficas. Na API, um local é representado pela interface Place. Ela inclui informações como o nome do local e o endereço, a localização geográfica, o ID do local, o número de telefone, o tipo do local, o URL do site e muito mais.

Visão geral da API

Ajude seus clientes a explorar o local onde estão e o que há em volta deles:

  • Use o widget de IU do seletor de local embutido, permitindo que os usuários selecionem um local em um mapa interativo.
  • Obtenha o local atual, ou seja, o local em que o dispositivo foi localizado pela última vez. A API retorna uma lista de locais prováveis e uma indicação da probabilidade relativa de cada local.
  • Facilite a inserção de nomes e endereços de locais com o preenchimento automático das consultas dos seus usuários à medida que elas são digitadas. Use o widget de IU de preenchimento automático ou chame a API para previsão de locais.
  • Recupere e exiba informações detalhadas sobre um local.
  • Acesse fotos de um local com alta qualidade.

Destaque seu aplicativo fornecendo informações atualizadas dos locais:

  • Adicione um local ao banco de dados de locais do Google para recuperação imediata dentro do seu aplicativo e para dar visibilidade em outros aplicativos depois da moderação.
  • Informe um local para indicar que o dispositivo está atualmente localizado em um local específico.
  • Armazene o ID de local exclusivo para um ou mais locais e use-o para recuperar informações do local sob demanda.

Outros destaques da API:

  • Detecção precisa do local com baixa potência com varredura de Wi-Fi.
  • Armazenamento de cache no dispositivo: a maioria das solicitações para a Google Places API for Android pode envolver uma comunicação bidirecional com um servidor do Google, mas você também pode armazenar os dados localmente em cache por 30 dias.

Versões compatíveis da plataforma Android

A Google Places API for Android está disponível para todas as versões de Android que são compatíveis com os serviços do Google Play. Consulte o guia do Android sobre compatibilidade com diferentes versões de plataforma.

Configurar seu aplicativo

As seguintes etapas de configuração são obrigatórias para todos os aplicativos que usam a Google Places API for Android.

Configurar os serviços do Google Play

Para acessar a Google Places API for Android, o projeto de desenvolvimento do aplicativo deve incluir os serviços do Google Play. Faça o download e instale o componente dos serviços do Google Play via SDK Manager e adicione a biblioteca ao seu projeto. Para obter detalhes, consulte o guia do Android sobre a configuração dos serviços do Google Play.

Adicionar sua chave de API

Se você ainda não tem uma chave de API e não ativou a Google Places API for Android, siga as instruções no guia de inscrição para obtê-la agora.

Adicione sua chave de API ao manifesto do aplicativo, conforme é mostrado no exemplo de código a seguir, substituindo YOUR_API_KEY pela sua chave de API:

<application>
  ...
  <meta-data
      android:name="com.google.android.geo.API_KEY"
      android:value="YOUR_API_KEY"/>
</application>

Solicitar um aumento dos limites de uso

O uso da Google Places API for Android é gratuito e ilimitado para todos os aplicativos. Entretanto, para garantir o uso justo para todos os aplicativos, há limites escalonados de consulta em alguns métodos.

A Google Places API for Android aplica um limite padrão de 1.000 solicitações por período de 24 horas. Se o aplicativo exceder esse limite, ele apresentará falhas.

Há outro ponto de controle quando o aplicativo atinge 150.000 solicitações por período de 24 horas. Se o aplicativo exceder esse limite, ele apresentará falhas novamente.

Aumente seu limite antecipadamente caso acredite que você excederá a quantidade padrão de solicitações permitidas. Consulte o guia de limites de uso.

Conectar à Places API

As seguintes interfaces fornecem os principais pontos de entrada para a Google Places API for Android:

  • A GeoDataApi fornece acesso ao banco de dados do Google de informações sobre locais e empresas.
  • A PlaceDetectionApi fornece acesso rápido ao local atual do dispositivo e oferece a oportunidade de informar a localização específica do dispositivo.

Para se conectar às APIs, é preciso criar uma instância do cliente da API dos serviços do Google Play. No método onCreate() do fragmento ou da atividade, crie uma instância do cliente da API do Google usando GoogleApiClient.Builder. Use o construtor para adicionar as APIs necessárias, como é mostrado no exemplo de código a seguir:

import com.google.android.gms.common.api.GoogleApiClient;
import com.google.android.gms.common.api.GoogleApiClient.OnConnectionFailedListener;
import android.support.v4.app.FragmentActivity;

public class MyActivity extends FragmentActivity 
        implements OnConnectionFailedListener {
    private GoogleApiClient mGoogleApiClient;

    @Override
    protected void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
        super.onCreate(savedInstanceState);
        setContentView(R.layout.activity_main);

        mGoogleApiClient = new GoogleApiClient
                .Builder(this)
                .addApi(Places.GEO_DATA_API)
                .addApi(Places.PLACE_DETECTION_API)
                .enableAutoManage(this, this)
                .build();
    }

    // TODO: Please implement GoogleApiClient.OnConnectionFailedListener to
    // handle connection failures.
}

Como é mostrado no exemplo de código, a classe Places fornece tokens que podem ser passados para GoogleApiClient.Builder para ativar GeoDataApi e PlaceDetectionApi.

Para obter detalhes sobre o uso do cliente, consulte o guia do Android sobre o acesso às APIs do Google. Especificamente, consulte os guias sobre como iniciar uma conexão e lidar com falhas de conexão para saber mais sobre addConnectionCallbacks() e addOnConnectionFailedListener().

Enviar comentários sobre…

location_on
Google Places API for Android