Introdução à documentação KML

Se você você não estiver familiarizado com KML, comece navegando pelo Tutorial de KML, que apresenta exemplos curtos de código KML para visualização no Google Earth e no Google Maps.

A Referência de KML fornece sintaxe detalhada de todos os elementos KML, com explicações e diagramas de como especificá-los.

O Guia do desenvolvedor contém material conceitual avançado e exemplos.

Como criar e compartilhar arquivos KML

É possível criar arquivos KML com a interface de usuário do Google Earth ou usar um editor de texto XML ou simples para inserir KML "bruto" do zero. Arquivos KML e suas imagens relacionadas (se houver) podem ser compactados usando o formato ZIP em arquivos KMZ. Para compartilhar seus arquivos KML e KMZ, é possível enviá-los por e-mail, hospedá-los localmente para compartilhamento em uma Internet privada ou hospedá-los publicamente em um servidor da Web. Assim como os navegadores da Web exibem arquivos HTML, os navegadores da Terra, como o Google Earth, exibem arquivos KML. Depois de configurar apropriadamente seu servidor e compartilhar o URL (endereço) de seus arquivos KML, qualquer pessoa que tenha instalado o Google Earth pode visualizar os arquivos KML hospedados em seu servidor da Web público.

Muitos aplicativos exibem KML, incluindo Google Earth, Google Maps, Google Maps para celular, NASA WorldWind, ESRI ArcGIS Explorer, Adobe PhotoShop, AutoCAD e Yahoo! Pipes.

Enviar comentários sobre…

Keyhole Markup Language