Visão geral de desenvolvimento de apps

O App Maker é uma interface para criar apps da Web em que é possível ver o resultado final. Você pode personalizar seus apps com scripts e CSS e integrá-los aos serviços do G Suite por meio de APIs.

Planejar seu app

Não importa como você planeja usar o App Maker, a preparação ajuda a criar um app de alto desempenho fácil de usar com mais rapidez.

  1. Se você quiser usar os bancos de dados do Cloud SQL no seu app, peça para o administrador do G Suite configurar o Cloud SQL para sua organização.
  2. Crie seu app usando as práticas recomendadas. Para criar mais rapidamente, considere as seguintes opções:

  3. Planeje a segurança do seu app e decida as configurações dele.

  4. (Opcional) Reúna e prepare:

  5. (Opcional) Os apps do App Maker usam o Google Material Design por padrão. Os modelos incluem CSS que ajusta automaticamente o layout do app para diferentes tamanhos de tela. Se necessário, é possível personalizar ainda mais seu estilo.

Criar e testar seu app

Quando estiver pronto para criar seu app, siga estas etapas:

  1. Faça login na conta do G Suite fornecida pela sua empresa ou escola.
  2. Abra o App Maker acessando https://appmaker.google.com.
  3. Inicie um novo app.

    • Se o App Maker exibir a caixa de diálogo de boas-vindas, clique em Criar novo app.
    • Caso contrário, clique em MenuNovo.
  4. Selecione o modelo que você quer usar como ponto de partida. Se você estiver começando a usar o App Maker, recomendamos o modelo App para inciantes, que inclui um cabeçalho do Material Design e um menu codificado.

  5. Edite sua primeira página:

    • Se o app usar um banco de dados, adicione modelos ou importe dados de uma planilha clicando em Dados na navegação à esquerda.
    • Arraste e solte widgets e fragmentos de página.
    • Se o app usar scripts de servidor e cliente para controlar a função do widget, consultas do banco de dados ou outras ações, adicione scripts clicando em Scripts na navegação à esquerda.
    • Para adicionar mais páginas, clique em Páginas na navegação à esquerda.
  6. Conforme você desenvolve seu app, pode ver o ícone de problemas . Ele é mostrado quando o App Maker detecta erros no app, como problemas de script ou caminhos ausentes. Para ver a lista de avisos e erros, clique no ícone.

  7. Ao criar seu app, confirme se ele se comporta conforme o esperado clicando em Visualizar. As instâncias de visualização fornecem uma versão funcional do seu app com um console de visualização para solução de problemas de erros.

Publicar e compartilhar seu app

Quando estiver satisfeito com a visualização e estiver pronto para permitir que os usuários acessem seu app, siga estas etapas:

  1. Quando o app estiver pronto, revise suas configurações de segurança.

  2. (Opcional) Configure um banco de dados personalizado do Cloud SQL. Muitas vezes, as organizações usam o banco de dados padrão do Cloud SQL para as instâncias de visualização e implantações de teste de um app, além de um banco de dados personalizado do Cloud SQL para a implantação na produção.

  3. Publique seu app em uma implantação. É possível publicar em uma implantação de teste que somente alguns usuários podem acessar primeiro, e depois publicar em uma implantação de produção que todos os usuários da sua organização possam acessar.

  4. Se o app exigir acesso aos dados do G Suite dos usuários, como os arquivos do Drive ou Gmail, os usuários precisarão analisar as permissões do app quando o abrirem pela primeira vez. Você pode pedir ao administrador do G Suite para incluir cada app do App Maker na lista de permissões para desativar essas avaliações.

  5. Para permitir que os usuários acessem seu app, compartilhe o URL da implantação com eles. Para encontrar o URL:

    • Clique em Publicar > Editar implantações.
    • Ao lado da implantação, clique na seta para baixo.
    • Copie o URL e distribua-o para seus usuários.

Seu app do App Maker está pronto para ser usado. Você pode continuar desenvolvendo seu app enquanto os usuários acessam uma revisão mais antiga e publicar novas revisões conforme elas forem produzidas.