Edições

Os métodos de edição da API Publishing do Google Play Developer permitem preparar várias mudanças no seu app do Google Play e implantá-las de uma só vez. Para fazer isso, crie uma edição com todas as alterações que você quer fazer no aplicativo. A edição mantém informações como:

  • Quais APKs estão associados ao app e uma "faixa" para cada APK.

    Cada um está associado a uma "faixa", que determina quais usuários o veem. Isso permite fornecer versões alfa e beta do app para os testadores. Também é possível disponibilizar uma versão de lançamento gradual limitado do app. Esse app é publicado automaticamente para um número limitado de usuários (determinado pela porcentagem de lançamento definida por você). Assim, é possível implantar gradualmente uma nova versão de produção do aplicativo.

  • Versões específicas de idioma e local da página "Detalhes do app" na Google Play Store

    Cada versão específica da página "Detalhes do app" pode conter capturas de tela e outros elementos promocionais, texto descritivo localizado e assim por diante.

Quando você cria uma edição, ela é uma cópia do estado atual implantado do app. Em seguida, você pode modificar a edição chamando os métodos de edição. Quando a edição estiver pronta para ser executada, confirme-a, ativando as alterações. Também é possível abandonar a edição a qualquer momento, descartando as alterações e deixando o app como estava.

Só é possível usar essa API para fazer alterações em um app existente que tenha pelo menos um APK enviado. Por isso, você precisará fazer upload de pelo menos um APK no Play Console antes de usar essa API. Além disso, não é possível usar essa API para alterar o estado de um app de "Publicado" para "Não publicado" ou para preencher os consentimentos legais necessários para publicação. Para publicar o app, use o Play Console.

Fluxo de trabalho

Esta seção mostra como você usaria os métodos de edição da API Publishing do Google Play Developer para fazer modificações em um app.

  1. Crie uma nova edição chamando Edits: Insert e especificando o app que você quer modificar.

    Isso cria uma nova edição do app especificado. As configurações iniciais, como APKs, a página "Detalhes do app", arquivos de expansão e assim por diante, são copiadas da versão implantada do app.

  2. Modifique a edição conforme desejado.

    É possível fazer a maioria das alterações que podem ser feitas no Google Play Console. Para fazer isso, chame o método apropriado da API Google Play Developer e transmita os IDs do app e a edição que você quer modificar. São elas:

    • É possível fazer upload de novos APKs chamando Edits.apks: upload. Isso coloca o APK em uma área de armazenamento, para que possa ser atribuído a uma faixa nesta ou em uma edição subsequente.
    • É possível atribuir APKs a faixas chamando Edits.tracks: update. Também é possível mudar as atribuições de faixas dos APKs existentes chamando Edits.tracks: patch.
    • É possível criar uma nova página "Detalhes do app" localizada chamando Edits.listings: update. Você pode modificar a página "Detalhes do app" existente chamando Edits.listings: patch.
    • É possível adicionar ou modificar arquivos de expansão chamando os métodos do recurso Edits.expansionfiles.

    Esses métodos fazem alterações na edição que você tem em andamento, mas não modificam a versão ativa do app. É possível fazer outras alterações ou descartar a edição em andamento sem afetar a experiência do usuário.

  3. Confirme a edição.

    Quando você chama Edits: commit, se não houver erros de validação, todas as mudanças especificadas no recurso de edições entrarão em vigor, substituindo o estado atual do app. Essas mudanças podem levar várias horas para entrar em vigor, assim como no Play Console.